como aumentar o fluxo de clientes na loja

Como aumentar o fluxo de clientes na loja: confira 6 dicas

Equipe TOTVS | VENDAS | 12 outubro, 2020

As marcas que lideram o ranking de experiências aos clientes alcançaram crescimento 54% maior na receita em relação às marcas retardatárias. É o que revelou o estudo “Excelência na Experiência do Cliente 2018” (do original, em inglês, Customer Experience Excellence 2018), realizado pela KPMG. E não é difícil entender como aumentar o fluxo de clientes na loja contribui para esses resultados.

A matemática é simples: quanto mais consumidores circulando no estabelecimento, maiores são as chances de venda. A área da física também deixa a sua contribuição neste caso. Afinal de contas, dois corpos não habitam o mesmo lugar ao mesmo tempo e existe um limite na capacidade física das lojas que precisa ser administrado para otimizar o potencial dos negócios.

A ideia, então, é coordenar interações que favoreçam a ida ao estabelecimento em diferentes horários do seu funcionamento e, claro, aumentar a qualidade dos serviços internos de forma que surpreendam e fidelizem os compradores.

Gostou da proposta? Então confira algumas dicas que detalhamos a seguir.

1. Valorize a experiência de atendimento

Não basta mais apenas satisfazer os clientes com os produtos que eles procuram. É preciso fazer com que todo o processo de atendimento seja memorável, independentemente do tipo de comércio realizado.

Uma loja de departamentos começa o seu atendimento ainda na fase em que está prospectando clientes, antes mesmo de eles estarem nas lojas. Fazendo interações personalizadas e atraentes, ela pode atraí-los para o seu endereço fixo.

Neste momento, a vitrine da loja, a forma como os produtos estão dispostos em seu interior, e claro, o atendimento cordial dos vendedores devem proporcionar uma experiência única, como se as promessas de valor oferecidas nas etapas anteriores fossem superadas positivamente.

Para fazer isso, é preciso conhecer o perfil dos clientes, quais são as suas necessidades, os seus interesses e demais as informações que moldam o seu comportamento de consumo.

Por meio de pesquisas e relatórios de sistemas de gestão de consumidores, é possível descobrir quais são os produtos mais comprados, qual é a melhor forma de pagamento, a frequência em que fazem aquisições, entre outros.

As experiências de atendimento focam as sensações vivenciadas durante a compra, e não somente a entrega do produto. Por isso, usar recursos, como carrinhos com calculadoras para facilitar as contas, ou oferecer um cafezinho para os frequentadores são maneiras de cativar o público por meio das emoções. Estas podem ser medidas interessantes se você anda se perguntando como aumentar o fluxo de clientes na loja.

Disposição dos produtos nas lojas

A forma como os produtos e as prateleiras são colocadas na loja também podem favorecer um fluxo real de compras e, a partir dele, criar maneiras de incentivar o consumo.

Estratégias como essas são muito comuns em empreendimentos que lidam com um grande volume de pessoas em trânsito dentro da loja, como os supermercados.

Colocar itens de compra rápida próximos ao caixa de pagamento, por exemplo, é uma tática que beneficia não só a loja, mas também os consumidores que querem agilidade na compra.

2. Faça um bom mix de produtos complementares e promoções

As promoções fazem parte das estratégias mais conhecidas para atrair clientes. Para que sejam eficientes, no entanto, precisam focar os pontos valorizados pelo público-alvo. Se ele é sensível ao preço ofertado, criar uma oferta com descontos pode atraí-lo.

Promoções

Além do tradicional desconto, outras ferramentas de engajamento podem ser utilizadas, como cupons, sorteios, brindes, frete grátis, oportunidades relâmpago, convite e cortesias para eventos próprios ou que estejam acontecendo na cidade.

Cada uma delas tem efetividade maior de acordo com o produto, o seu valor e a região em que é comercializado.

Mix de produtos

O mix de produtos ofertados na loja também pode atrair mais interessados, aumentar a permanência dos compradores nas lojas e, por consequência, melhorar o volume de compras.

Uma boutique de carnes especiais, por exemplo, pode aumentar o seu mix com itens complementares para o seu público-alvo, como tábuas de corte, kit para churrascos ou especiarias e temperos exóticos.

É importante aumentar o mix de acordo com o perfil dos compradores. Se a ideia é atrair um público mais exigente e disposto a pagar mais por itens de qualidade, a seleção de produtos complementar deverá explorar a exclusividade e a qualidade.

3. Diversifique as formas de pagamento

Dentro dos 4 P’s do marketing (preço, produto, praça e promoção), a estratégia de preço merece grande destaque. A precificação deve ser minuciosa e considerar os custos do negócio, o lucro e se o valor está competitivo em relação à concorrência.

Depois de definidos os preços, é muito importante avaliar como ele será ofertado para os clientes considerando os seus potenciais para a compra.

Facilitar a negociação oferecendo formas de pagamentos diferenciadas, neste caso, pode ser o grande diferencial da estratégia.

Parcelamento no cartão de crédito, em crediário próprio e outras modalidades de pagamentos acessíveis são imprescindíveis para aumentar o fluxo de clientes no negócio simplesmente por tornar possível a aquisição de seus produtos.

4. Crie um programa de fidelidade para melhorar o fluxo de clientes recorrentes

Algumas empresas criam promoções para atrair novos clientes que, muitas vezes, são melhores que aquelas que a base já conquistada utiliza. Isso ainda é um grande motivo para assinantes de planos de celular cancelarem as suas linhas telefônicas.

Por incrível que pareça, nas lojas físicas, essa filosofia invertida não é incomum e também causa danos para o relacionamento com os clientes. Então, qual é a contrapartida mais eficaz de atrair e, ao mesmo tempo, premiar consumidores fiéis?

Criar programas de fidelidade ou planos de descontos que valorizem as compras recorrentes. Ou seja, quanto mais os clientes retornarem às lojas, mais benefícios receberão.

Isso favorece não somente o fluxo de compras, mas também a redução de custos de captação de potenciais compradores. Afinal, quem já experimentou determinado produto sabe a qualidade oferecida pelo estabelecimento.

5. Invista em tecnologias de geolocalização e gestão

A tecnologia é sempre bem-vinda para trazer eficiência na gestão da loja. Portanto, escolher as soluções que podem trazer diferenciais para o negócio e surpreender os seus consumidores é essencial se você busca formas de responder à pergunta: como aumentar o fluxo de clientes na loja?

Soluções para gestão ponta a ponta do processo de vendas

Se a proposta é criar ofertas personalizadas e oferecer uma experiência de atendimento diferenciada para atrair mais clientes para a loja, organizar todo o processo de vendas em um sistema de gestão é fundamental.

Com ele, é possível avaliar o volume do estoque e analisar a possibilidade de fazer uma oferta de determinado produto, por exemplo, ou controlar as finanças do empreendimento para uma correta prestação de contas.

As soluções mais modernas ainda oferecem frente de caixa e gestão financeira conectada aos demais setores da empresa, como a cozinha de restaurantes ou a área de compra para lojas de produtos.

Soluções de geolocalização

As lojas físicas precisam levar os seus potenciais compradores para dentro do estabelecimento. As soluções de geolocalização permitem que elas criem estímulos direcionados para aqueles que estejam nas redondezas.

Desta maneira, em vez de utilizar verbas de marketing para propagandas que abordam um grande volume de pessoas, a geolocalização permite que o empresário selecione aqueles que já estiveram no estabelecimento e procuraram informações na internet sobre os seus produtos e envie mensagens para atraí-los na hora e no lugar certo.

6. Saia do tradicional e gerencie o fluxo

Em todas essas estratégias, é preciso inovar. Não adianta lançar um programa de fidelidade e não promovê-lo de forma criativa. Criar eventos, coquetéis de cursos ou degustações e fazer envio de mensagens de alerta para promoções especiais podem ser boas práticas.

Além disso, mais do que estimular a presença de compradores, é preciso considerar a possibilidade de distribuí-los ao longo da escala de trabalho da loja.

Criar ofertas específicas para os turnos menos movimentados, por exemplo, ajuda a distribuir o esforço e garantir que todos os clientes receberão um nível de atenção agradável.

Buscar perfis de consumo que estejam mais alinhados com os produtos em estoque também pode ser uma boa alternativa.

Um supermercado que esteja com sua linha fitness com giro de venda baixo pode criar promoções e propagandas direcionadas para esse público específico.

O controle do fluxo de clientes ainda traz outros benefícios para o negócio, como ter dimensionamento de equipe conciso, redução do estresse da carga de trabalho e melhoria no relacionamento e na fidelização de seu público, uma vez que as experiências de compra serão mais relevantes.

Está pensando em adotar alguma dessas práticas no seu negócio? Então, compartilhe nas suas redes sociais com outros membros da sua loja e parceiros do mercado. Marque outros empresários e questione se têm uma experiência para dividir sobre como aumentar o fluxo de clientes na loja.

formas de pagamento programas de fidelidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *