software de gestao empresarial

Software de gestão empresarial: os benefícios para microempresas

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 22 fevereiro, 2021

Apesar de alguns gestores ainda terem o receio de investir em um software de gestão empresarial, o investimento apresenta uma excelente relação custo-benefício, visto que automatiza e simplifica diversas rotinas do negócio — tornando-as mais eficientes.

Você ainda tem dúvidas a respeito de como essa ferramenta pode ser vantajosa para uma microempresa? Então, não pode deixar de conferir este artigo. Nele, mostramos quais funcionalidades a tecnologia oferece, quais são os benefícios e quais critérios devem ser considerados na hora de contratar a melhor solução. Saiba mais a seguir!

Quais são as principais funcionalidades que um sistema de gestão oferece?

As funcionalidades que um software de gestão empresarial oferece podem variar entre as empresas que disponibilizam os sistemas — e, até mesmo, com a possibilidade de personalização. Entretanto, de modo geral, elas envolvem:

Ele permite que diversas rotinas sejam realizadas dentro de uma única solução, o que facilita o trabalho e torna a gestão mais unificada.

Quais são os benefícios de um software de gestão empresarial para microempresas?

Como dito inicialmente, um sistema de gestão pode ser bastante vantajoso para microempresas. Nos tópicos a seguir, vamos apresentar os principais benefícios que podem ser alcançados com esse investimento.

Capacidade de planejamento a longo prazo

Por meio do sistema, o gestor passa a contar com uma base de dados sólida e completa. Com base nisso, ele pode usar o histórico de informações para avaliar o desempenho e criar estimativas mais precisas a respeito dos resultados que podem ser alcançados ao longo do tempo.

Isso é feito por meio da visualização de relatórios, que permitem interpretar a performance dos processos e, com isso, ajustar as estratégias e as metas para o negócio em determinado período.

Controle sobre todos os setores da empresa

Outra grande vantagem de se utilizar um software de gestão é a possibilidade de controlar diversos setores da empresa em uma única ferramenta. Na prática, isso quer dizer que o gestor e os colaboradores não precisam lidar com diversas ferramentas isoladas — o que dificulta e atrasa a execução de tarefas e aumenta o risco de erros e perdas de informações importantes.

Segurança de dados

A segurança de dados é um aspecto muito valorizado pelos gestores. E não é para menos. Ter as informações da empresa corrompidas ou apagadas é um problema que pode trazer prejuízos irreparáveis para o negócio.

O investimento em um sistema de gestão, nesse sentido, contribui para que dados importantes sejam armazenados em uma única fonte e com segurança — geralmente, as soluções oferecidas no mercado oferecem um backup de rotina que protege as informações de acidentes ou qualquer outro problema.

Redução de erros

A implementação de um sistema de gestão também envolve a padronização de processos. Isso faz com que muitas falhas sejam corrigidas, além de se eliminar problemas que podem induzir os colaboradores ao erro ou tornar os fluxos de trabalho mais imprecisos. Como consequência, a necessidade de retrabalhos também cai consideravelmente.

Integração das áreas

Geralmente, as ferramentas de gestão também permitem que as rotinas sejam integradas. Isso quer dizer que se consegue diminuir (ou eliminar) diversas planilhas e controles para centralizar as atividades em uma única solução.

Nesse contexto, assim que uma venda é realizada, por exemplo, automaticamente é feita a baixa da quantidade no estoque. Isso torna a gestão mais eficiente, melhora a comunicação e ainda soluciona problemas variados (o que inclui a incidência de erros que acontecem no trabalho manual).

Suporte aos processos decisórios

A possibilidade de obter informações atualizadas e de gerar relatórios torna os processos decisórios ainda mais acertados. Assim, o gestor consegue identificar necessidades e problemas com mais agilidade, além de resolvê-los mais rapidamente e com embasamento em dados confiáveis.

Redução de custos

Por fim, outro (entre os vários) benefícios de um sistema de gestão é o aumento da eficiência — ocasionado pela redução de erros, pelo aumento da produtividade, pelo ganho em agilidade na execução das tarefas, entre outros aspectos. Com os custos reduzidos, a empresa ganha com margens de lucros maiores.

Como escolher um sistema de gestão empresarial?

Existem alguns cuidados básicos que devem ser tomados na escolha de um sistema de gestão. Confira, a seguir, algumas dicas que vão contribuir para que o investimento seja feito da melhor forma possível.

Conheça as necessidades da empresa

Antes de mais nada, é preciso conhecer as principais ineficiências e necessidades da empresa. Isso ajuda o gestor a entender melhor quais funcionalidades a ferramenta deve oferecer para otimizar os processos e contribuir para alcançar os resultados esperados.

Faça uma análise do custo-benefício

O custo ligado à aquisição de um sistema deve ser encarado como um investimento, uma vez que ele proporciona diversos benefícios, incluindo a redução dos dispêndios operacionais. Porém, é preciso avaliar qual é o custo-benefício que a ferramenta proporciona.

Apesar de o preço ser um fator de muito peso nessa decisão, deve-se avaliar quais funcionalidades ele oferece, se as necessidades da empresa serão preenchidas e quais benefícios podem ser obtidos com a aquisição. A partir daí, torna-se possível entender qual é o valor justo a ser pago pela solução.

Analise a praticidade do sistema

Um sistema de gestão precisa ser fácil de entender e manusear. Isso contribui para reduzir drasticamente a resistência à mudança. Portanto, antes de contratar uma solução, verifique como é o processo de implementação (se é simples ou demorado) e se a ferramenta é intuitiva, com a utilização facilitada.

Como o Eleve Gestão pode otimizar a gestão da sua microempresa?

O Eleve Gestão é um sistema de gestão especialmente desenvolvido para atender a pequenos negócios. Por meio dele, pode-se gerenciar a empresa em uma só ferramenta, sendo que as funcionalidades são organizadas em 5 grupos:

  1. financeiro;
  2. faturamento;
  3. compras;
  4. estoque;
  5. ordem de serviços.

A solução permite organizar as contas a pagar, otimizar o controle de entradas e saídas de produtos no estoque, controlar o faturamento (e as receitas), acompanhar os resultados do negócio em tempo real, entre vários outros benefícios.

Como você pôde ver, um software de gestão empresarial pode transformar a execução dos processos em seu negócio, tornando os fluxos de trabalho mais eficientes e, consequentemente, aumentando a produtividade e otimizando os resultados alcançados.

Você se interessou pelo uso de um sistema? Então, entre em contato conosco agora mesmo e entenda melhor como o Eleve Gestão pode contribuir para otimizar a gestão na sua empresa!

Nova call to action

controle de estoque gestao financeira pequenos negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *