equipe discute planejamento estratégico da empresa

Planejamento estratégico: o que é, tipos, etapas e ferramentas

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 11 abril, 2022

Estar à frente de uma empresa significa que você precisará tomar muitas decisões difíceis para fazê-la crescer. O planejamento estratégico é um plano que ajuda a guiar nesta jornada, sendo um componente-chave para o sucesso do negócio.

Em geral, quando falamos de planejamento estratégico, muito se pensa em um documento completo sobre as metas, objetivos e caminhos que a empresa deve tomar.

No entanto, é mais do que isso: é uma forma de preparar você, empreendedor, a encarar o mercado com uma visão realística.

Por isso, estabelece as bases para que você melhor entenda suas entregas, seus clientes, sua operação e a força de seus competidores — o que culmina em melhores resultados no futuro.

Que tal aprender mais sobre o assunto?

Confira o nosso guia completo sobre planejamento estratégico de uma empresa, sua importância, etapas, tipos, ferramentas que auxiliam e muito mais. Confira!

O que é planejamento estratégico? Para que ele serve?

O planejamento estratégico é um processo de gestão que visa desenvolver uma direção para a organização seguir. É uma atividade que alinha recursos humanos, operações corporativas e o dinheiro da empresa para que atinja suas metas.

Ou seja, trata-se da articulação de objetivos e ações necessárias para alcançar os objetivos, definindo também as métricas para medir seu sucesso.

Ao alinhar todas essas partes, os líderes de negócio garantem que todos os colaboradores foquem em questões significativas para a empresa e condizentes com sua visão de futuro.

O conceito de planejamento estratégico pode até soar como apenas a criação de um documento com metas de negócio. Mas saiba que não é somente isso.

Na verdade, o planejamento estratégico empresarial é análogo a uma escalada ao topo de uma montanha.

Não se trata de simplesmente definir um objetivo para chegar ao topo.

É necessário indicar os melhores caminhos, perigos a se evitar, equipamentos que devem ser utilizados, pontos de reagrupamento no meio do trajeto, meios de comunicação e abrigo… Você entendeu, certo?

O objetivo do planejamento estratégico é facilitar a jornada de uma empresa em busca de suas metas de negócio.

Qual a importância do planejamento estratégico?

mulher com notebook realiza planejamento estratégico empresarial

O planejamento estratégico de uma empresa é importante para delimitar seus objetivos gerais, desenvolvendo também um plano estruturado para alcançá-los. Ou seja, além de uma visão, ele também lhe dá um norte a seguir.

Ou seja, é uma atividade que permite que você dê um passo atrás em suas operações diárias, de modo a observar para onde está indo e quais devem ser as suas verdadeiras prioridades.

E isso é especialmente importante em empresas na fase de crescimento.

Afinal, expandir sua operação significa abraçar os riscos que acompanham o crescimento.

Desse modo, investir seu tempo para identificar exatamente onde sua empresa quer chegar (e como chegar lá) é essencial para não dar passos equivocados.

Essa transparência, aliás, pode trazer incontáveis benefícios.

A lógica é simples: quando você dedica um tempo para definir sua estratégia, você dá à sua organização uma enorme vantagem competitiva.

Que tal conferir alguns dos benefícios que isso representa, no dia a dia?

1. Estabelece um foco

Sem uma estratégia, sua equipe pode perder tempo em atividades irrelevantes ou ineficientes. Um plano estratégico dá ao seu time um plano para alcançar os objetivos propostos.

2. Melhora a definição do orçamento

Uma estratégia bem definida direciona como usar melhor seus recursos, com base nas atividades mais importantes para o negócio.

Assim, sua empresa obtém mais valor dos recursos disponíveis e reduz custos.

3. Promova uma melhor cultura organizacional

Sem uma direção a seguir, não há motivação.

O planejamento estratégico dá às pessoas um “porquê” quando se trata de seu trabalho.

Esse plano oferece um maior contexto organizacional para que os colaboradores possam entender seu lugar, suas responsabilidades e sua contribuição para a empresa.

É uma prática eficaz, que potencializa o senso de colaboração e motiva as pessoas, mantendo todos engajados e focados em seu papel.

Para que tipo de empresa o planejamento estratégico é indicado?

O planejamento estratégico é um instrumento essencial para todos os tipos de empresa, independente do tamanho e segmento.

É claro, o que talvez possa influenciar na decisão de traçar um plano do seu negócio seja o momento que está enfrentando.

Neste caso, realmente vale ficar de olho, pois uma das características do planejamento estratégico é servir de “bússola” para as decisões corporativas.

Logo, pode ser valioso para organizações em momentos específicos da sua jornada comercial.

Um exemplo é o planejamento estratégico para pequenas empresas, muito útil na fase de crescimento e consolidação da operação.

Além disso, empresas que estejam em um momento de tração, planejando altas porcentagens de crescimento em um médio ou longo prazo, também podem se aproveitar de um planejamento estratégico.

Quais são os tipos de planejamento estratégico empresarial?

Existem diferentes tipos de planejamento estratégico para uma empresa. Cada um com foco diferente do outro, partindo de uma perspectiva mais ampla para uma mais específica dentro do negócio.

Que tal conhecê-los? Os principais tipos de planejamento são: estratégico, tático e operacional.

  • Estratégico: é o que guia as decisões no longo prazo, baseado na missão, valores e visão do negócio, e normalmente com objetivos mais amplos.
  • Tático: influencia decisões no médio prazo, baseado nos objetivos de cada setor da empresa (vendas, marketing, RH etc). É o que direciona as empresas para alcançar seus objetivos gerais.
  • Operacional: serve de guia para decisões do dia a dia, em ações práticas da empresa, considerando o curto prazo. Trata-se de um instrumento de gestão de processos e resolução de problemas.

Quais são as etapas do planejamento estratégico?

E afinal, quais as fases do planejamento estratégico? Bom, uma coisa é saber o que é esse plano, mas como elaborá-lo é outra.

Assim como outros métodos de avaliação de negócio, será necessário muita discussão, bem como o envolvimento de pessoas-chave na organização.

Separamos um passo a passo sobre como montar um planejamento estratégico. Vamos lá?

Faça o diagnóstico da organização

O primeiro passo é conduzir um brainstorming em equipe, de modo a coletar  informações e pontos de vista sobre o seu negócio.

É uma etapa de diagnóstico, com intuito de dar um passo atrás e entender a posição que sua empresa está no mercado, diante de competidores e consumidores.

Aqui, indicamos já começar a utilizar algumas ferramentas de planejamento estratégico, como a análise SWOT, que busca mapear pontos fortes, fracos, oportunidades e fraquezas do negócio.

Identifique a missão, visão e valores do negócio

O próximo passo de como elaborar um planejamento estratégico é mapear a missão, visão e valores do negócio.

Afinal, é com base nisso que você vai definir as demais diretrizes, bem como basear suas metas.

Defina metas e indicadores 

Com a análise SWOT em mãos e um entendimento maior sobre a visão e valores do negócio, é mais fácil para os líderes decidirem quais as metas a seguir, áreas a priorizar e quais fatores devem ser colocados em segundo plano. 

Lembre-se dos diferentes tipos de planejamento estratégico, que levam em conta metas de longo, médio e curto prazos. Considere isso na hora de definir os objetivos.

É neste ponto que a estratégia começa a ser desenhada.

Afinal, se a empresa quer partir de um ponto A para um ponto B, como chegar até lá?

Para isso, é necessário definir as metas e os indicadores-chave que vão permitir que toda empresa saiba se os seus esforços estão realmente na direção que o planejamento define.

A parte de definir indicadores e informá-los a lideranças e colaboradores é essencial, lembre-se disso!

Uma boa comunicação garante que todos estejam alinhados com a estratégia, ou seja, saibam quais recursos utilizar e para onde direcionar seus esforços.

Elabore um plano de ação

Agora, é hora de elaborar um plano de ação, com uma linha do tempo determinada, para que os objetivos sejam alcançados.

Esse plano pode seguir diferentes frameworks e metodologias, como Balanced Scorecard, 5W2H, entre outros!

Faça a correta gestão e análise

Por fim, lembre-se de seguir gerenciando a aplicação e os resultados do planejamento estratégico, mapeando os indicadores e realizando melhorias pontuais assim que for necessário.

Essa é uma parte essencial de todo o ciclo. Por isso, contar com ferramentas e sistemas que facilitem seu trabalho é essencial.

Uma dica é contar com um software de gestão que integre os setores do seu negócio, mesmo se for uma micro e pequena empresa, facilitando na administração dos indicadores.

Quais são as 3 ferramentas de planejamento estratégico?

E você, sabe quais as ferramentas essenciais para que você possa realizar o planejamento estratégico? Trouxemos alguns exemplos para ajudar na escolha, veja só:

Análise SWOT

A análise SWOT é uma ferramenta de estudo do cenário competitivo da sua empresa (ou de sua ideia de negócio) no mercado.

O acrônimo SWOT é uma sigla para Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). Essa ferramenta é conhecida no Brasil como análise FOFA, aliás.

Agora que você entendeu o nome, ficou fácil compreender como funciona, certo?

Ao aplicá-la, você deve analisar os pontos fortes da sua operação, bem como suas fraquezas.

Essas são questões inerentemente internas à sua operação, que sua empresa controla.

Além disso, é preciso entender quais as oportunidades e ameaças ao negócio. Essas são questões externas e que sua empresa não pode controlar, mas aproveitar ou evitar.

5 forças de Porter

As 5 Forças de Porter fazem parte de uma análise aprofundada da concorrência de um negócio.

Foi concebida pelo acadêmico Michael Porter e é bastante complexa. No entanto, se baseia em cinco diretrizes que buscam maior compreensão da intensidade competitiva e a presença ou falta de atratividade de uma empresa.

As forças são:

  1. Rivalidade entre concorrentes;
  2. Poder de barganha dos parceiros comerciais;
  3. Poder de barganha dos compradores;
  4. Ameaça de novos players no mercado;
  5. Ameaça de soluções substitutas.

Matriz de Ansoff

Já a Matriz Ansoff é uma ferramenta visual específica para planejar ações estratégicas.

É uma matriz composta por quatro quadrantes, com o eixo x próprio dos produtos e serviços, e o eixo y para análise de mercado.

Assim, busca-se analisar quatro pontos específicos:

  • Penetração de mercado;
  • Desenvolvimento de produtos;
  • Desenvolvimento de mercado;
  • Diversificação.

Modelo de planejamento estratégico de uma empresa

Muito embora não exista apenas um modelo a ser seguido, você pode encontrar um exemplo de planejamento estratégico em vários locais.

Na verdade, quando falamos desse plano, normalmente nos referimos à representação visual que análises como a SWOT e a Matriz de Ansoff oferecem.

Uma vez que você as tenha em mãos, basta elaborar um documento com o plano de ações e utilizar um sistema de gestão para seguir monitorando os indicadores.

Planejamento estratégico: Dúvidas frequentes

E agora, antes de finalizar esse guia sobre planejamento estratégico, que tal sanar algumas dúvidas frequentes? Buscamos algumas perguntas com nossos leitores e clientes, confira:

Existe algum curso de planejamento estratégico?

Sim, existem várias instituições de ensino que oferecem cursos (e muitos online!) sobre planejamento estratégico de negócios, como fazê-los e quais ferramentas utilizar.

A planilha de planejamento estratégico é uma solução eficiente?

Você pode utilizar uma planilha de planejamento estratégico, mas ela não é eficiente no sentido de que não permite que você controle resultados de maneira integrada. A melhor maneira é com um software de gestão.

Conheça as soluções da Eleve

E você, sabia que a Eleve tem as melhores soluções para a gestão do seu negócio, inclusive para contribuir em seu planejamento estratégico?

O Eleve Gestão é um software de gestão ideal para micro e pequenas empresas.

A tecnologia da Eleve possibilita que você tenha controle financeiro completo da sua operação, permitindo que acompanhe as movimentações, integre setores, automatize tarefas e melhore sua gestão.

Que tal revolucionar seu negócio e alcançar as metas definidas no planejamento estratégico? Conte com o Eleve Gestão!
Nova call to action

Conclusão

O planejamento estratégico é um instrumento poderoso que pode ajudar todos em sua organização a compreender onde ela quer chegar — e como fazer isso!

Seja uma startup de três pessoas ou uma empresa com milhares de funcionários, sua execução bem-sucedida depende de uma abordagem inclusiva, bem estruturada e que envolva toda sua empresa.

E claro, não se esqueça do potencial da tecnologia na hora de gerenciar e monitorar seus resultados!

Gostou do nosso conteúdo? Então que tal seguir lendo o blog da Eleve? Separamos um artigo que pode lhe interessar, veja:

Pirâmide de Maslow: conheça a origem e como aplicar esse conceito em sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.