negocios em alta

Negócios em alta: Veja quais os setores mais lucrativos em 2021

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 01 setembro, 2021

Existem vários negócios em alta para 2021 e 2022. Você já sabe em quais setores apostar? Temos algumas dicas, como clubes de assinatura, delivery de alimentos e venda de produtos digitais!

Principalmente por conta do cenário da pandemia, que engatilhou uma forte recessão econômica no Brasil e no mundo, muitas pessoas olham para o empreendedorismo como um caminho para gerar receita.

Pois bem: esse caminho, que muitas vezes tem o intuito de servir como uma renda extra, pode se tornar o ganha pão de várias pessoas.

Para isso, no entanto, é preciso saber como investir e em quais áreas apostar seu tempo e esforço.

Quer entender mais sobre os negócios em alta para 2021 e também para 2022? Então siga a leitura para conhecer as áreas com mais oportunidades para empreender!
Nova call to action

Negócios em alta: Conheça as tendências atuais

Mas afinal, quais os negócios em alta para 2021 e também 2022? Uma característica essencial é que precisam ser modelos de empresa resilientes, com soluções atrativas tanto para o momento atual, como para um provável futuro de retomada.

Porém, antes de mergulhar em detalhes sobre o cenário econômico para o fim de 2021 e para 2022, que tal partir direto ao que importa?

Buscamos no mercado, entre nossos clientes e em estudos da área quais os principais negócios em alta. Confira nossas dicas e escolha o seu preferido!

1. Clubes de assinatura

O clube de assinatura é um modelo de negócios extremamente promissor, pois pode se encaixar em vários nichos: livros, cosméticos e produtos de beleza, vinhos, cervejas, comidas e mesmo para pets.

A chamada “economia da recorrência” é um dos negócios em alta no Brasil.

De acordo com levantamento da CNN Brasil, no país, os clubes de assinatura movimentaram mais de R$ 1 bilhão.

Além disso, no primeiro trimestre de 2021, o número de novos assinantes cresceu 32%. 

Você pode criar um clube de assinaturas e explorar o envio recorrente de produtos de um nicho que conhece — como café, por exemplo.

Os pontos-chave ao abrir um clube de assinatura é a atenção à experiência do cliente e ao relacionamento com o consumidor.

Afinal, assim, você garante o crescimento da receita e a continuidade dos pagamentos recorrentes.

2. Infoprodutos

O mercado de infoprodutos ainda é um dos negócios em alta para 2021 e 2022. É uma demanda crescente, ainda mais com a necessidade das pessoas de buscar qualificação.

Você sabe o que são infoprodutos? São produtos informacionais — ou seja, materiais de diferentes formatos que ensinam alguma habilidade nova.

Por exemplo, se você tem um hobby e é bom nisso, pode transformar o seu conhecimento em um infoproduto (como um e-book) e vendê-lo.

Os formatos, aliás, são variados: falamos de e-books, mas existem também webinars, videoaulas, podcasts, plataformas de cursos online, entre vários outros.

3. Venda de alimentos saudáveis

No Brasil, a adoção de hábitos mais saudáveis só cresce. De acordo com uma pesquisa do Ibope mencionada no Globo Rural, cerca de 47% dos brasileiros haviam reduzido o consumo de carnes ainda em 2020.

E claro, há um fator econômico nesse movimento, especialmente em 2021.

No entanto, existe também a preocupação com a saúde.

Cada vez mais pessoas buscam alternativas saudáveis para compor sua alimentação diária. As opções sem carne, naturalmente, são as preferidas para quem busca essa transição.

Esse pode ser um excelente nicho para explorar, criando um cardápio mais leve e variado, inclusive com opções vegetarianas e veganas.

4. Delivery de comida

Os deliverys de alimentos são uma febre no mercado atual e representam várias oportunidades de negócios em alta.

Na verdade, nos primeiros meses de 2020, comparando com o mesmo período de 2019, os principais apps de delivery de alimentos registraram crescimento de 94% nas vendas, de acordo com dados divulgados no UOL.

Foi na esteira desse crescimento — em muito estimulado pelas restrições sociais resultantes da pandemia — que novos modelos de negócios prosperaram, como as Dark Kitchens.

Afinal, de acordo com dados da McKinsey divulgados pelo Fórum Econômico Mundial, cerca de 80% dos consumidores revelou que a possibilidade de comer em restaurantes indoor os deixa ansiosos.

Apostar no delivery de alimentos pode ser uma excelente decisão. Falamos de um tipo de negócio que exige pouco investimento inicial, bem como pode funcionar com uma equipe enxuta.

Com isso, as margens de lucro podem ser bem consideráveis, possibilitando crescimento e alto potencial de reinvestimento.

5. Desenvolvimento de aplicativos

E se você tiver um background em tecnologia e quiser explorar seu know-how e investir em um dos negócios em alta?

Nossa dica é investir no ramo de desenvolvimento de aplicativos.

Você pode explorar diferentes nichos, como jogos ou serviços, e criar aplicativos que sejam realmente úteis para as pessoas ou mesmo para empresas.

É uma forma excelente de se posicionar em um mercado que cada vez mais ganha atenção, justamente porque as pessoas e empresas estão sempre em busca de soluções digitais que as auxiliem no seu dia a dia.

Felizmente, aplicativos úteis hoje são considerados uma comodidade. Por isso, atenção nesse mercado!

6. Venda de roupas

Veja bem: entre os negócios em alta hoje, é comum encontrarmos exemplos de empresas que oferecem soluções personalizadas. Um deles, que surge como uma oportunidade, é o setor de roupas!

Roupas com temática nerds (de filmes, séries e videogames), de futebol, música.

Além disso, há roupas com um método de produção diferente, como as que utilizam apenas produtos de origem vegana ou vegetal.

Outro nicho é de roupas para pets, em que é possível reduzir custos com matéria-prima (pois são peças menores).

6. Cosméticos naturais

Sabia que cosméticos naturais estão entre as opções de negócios em alta em 2021 e também em 2022?

Na pegada sustentável e consciente, muitos consumidores estão optando por marcas que produzem cosméticos com ingredientes naturais, de preferência veganos e sem testes em animais.

Essa relação tende a ser ainda mais forte no pós-pandemia, já que o período em casa estimulou as pessoas a buscarem uma melhoria dos seus hábitos de autocuidado.

No caso de cosméticos naturais, destacamos sabonetes e xampus em barras, produzidos com ativos naturais e sem ingredientes sintéticos — como a glicerina, utilizada por muitas grandes marcas.

7. Serviços de TI

Não há dúvidas de que o mercado de TI só cresce no Brasil, mesmo no período de recessão. É que a demanda por soluções tecnológicas é cada vez maior.

Para você ter noção, até abril de 2021, o setor de TI já havia criado mais oportunidades do que em 2020 inteiro, conforme publicação da CNN Brasil.

É claro, a exigência técnica é muito maior do que em outras áreas. No entanto, por causa da demanda, as recompensas (e o potencial de crescimento) são igualmente grandes.

Destacamos algumas áreas em específico, como segurança da informação (em especial o que abrange a adequação à LGPD) e cloud computing, 

8. Consultoria financeira

Outro segmento para quem tem um maior background técnico, nesse caso especialmente em gestão e na organização financeira.

No caso de um negócio de consultoria, o ideal é realmente contar com boa experiência no ramo, bem como possuir uma autoridade no seu mercado.

Aqui, desenvolver o networking, bem como suas técnicas de discurso, é também essencial.

Se você sente que é capaz de ajudar empresas e pessoas, transmitindo seu conhecimento, talvez abrir uma consultoria pode ser uma excelente ideia!

O que mudou com a pandemia?

Se você busca entender quais os melhores negócios em alta para investir em 2021 e 2022, é essencial olhar para o mercado de forma mais ampla. E hoje, é impossível fazer um investimento sem considerar os impactos da pandemia na economia.

Você já tem ideia de como esse evento mundial alterou o equilíbrio econômico do mundo todo, desestruturando negócios e abrindo novas oportunidades para outros?

Como você sabe, nós do blog da Eleve gostamos de oferecer uma visão bem aprofundada sobre esses assuntos que impactam a sua vida como empreendedor, mesmo que seja de micro e pequenos negócios.

Em um estudo da consultoria McKinsey, a empresa americana viu que os hábitos digitais dos consumidores estão chegando para ficar.

É algo que acelerou a transformação digital em vários negócios — e vai ser obrigatório para os novos players do mercado, independente do segmento ou tamanho.

A consultoria ainda indica que o caminho para o sucesso seja construir uma infraestrutura tecnológica, com estratégias que mirem o longo prazo e investimentos inteligentes em soluções digitais que aprimorem seu uso dos dados.

De acordo com um estudo elaborado pelo Sebrae, a estimativa de tempo até a normalização da economia brasileira é até a próxima eleição presidencial, em 2022.

Além disso, 79% das pequenas empresas relataram queda no faturamento por conta dos efeitos da pandemia.

Ou seja, definitivamente há um “novo normal” que o empreendedor deve se preocupar. É por isso que o planejamento de negócio e a gestão financeira são tão importantes.

É necessário investir seus recursos com sabedoria, bem como realizar o controle de entradas e saídas, de modo que você esteja por dentro das condições do seu caixa.

Você pode complementar seu planejamento, entendendo se é realmente uma boa ideia investir em algum dos negócios em alta.

Como? Temos algumas dicas:

  • Realizar uma pesquisa de mercado e dos concorrentes;
  • Validar a ideia do seu negócio com seus clientes em potencial;
  • Estudar seu público-alvo e descobrir sua persona;
  • Criar um planejamento financeiro;
  • Conhecer o mercado para descobrir se você possui mais de uma opção de fornecedor;
  • Nenhum negócio é feito apenas de bons momentos, por isso, projete diferentes cenários, entendendo suas condições financeiras mesmo em crises.
  • Faça a mensuração recorrente dos resultados;
  • Otimize ao máximo sua gestão financeira e operacional, de modo que você possa focar nas necessidades do seu cliente.

Nova call to action

Negócios em alta: Dúvidas frequentes

Antes de finalizar o conteúdo, queremos esclarecer algumas questões frequentes que recebemos sobre o assunto. Que tal conferir conosco?

São dúvidas que chegam até nós por clientes e leitores interessados nos negócios em alta. Quem sabe não seja a sua também? Veja só!

Qual o setor que mais cresceu no último ano?

O setor que mais cresceu no último ano foi o e-commerce. Considerando dados mundiais, apenas a Amazon valorizou-se cerca de US$ 401 bilhões (mais de R$ 2 trilhões). No Brasil, o setor registrou R$ 78,5 milhões em vendas on-line.

Como abrir um negócio?

Para entender como abrir um negócio, primeiro você deve saber qual ramo quer seguir. Vale fazer pesquisa de mercado, de personas e de concorrentes para entender seu segmento. Depois, é necessário seguir com as burocracias. Recomendamos a utilização de um sistema de gestão e a parceria de um contador!

Eleve Gestão

Você viu que investir nos negócios em alta é uma excelente forma de finalizar 2021 e começar 2022 com um empreendimento promissor em mãos, certo?

Porém, nada nesse processo é fácil e nem dado. Você deve conquistar o seu sucesso.

No entanto, apesar de tudo, há ferramentas que podem ajudar você a chegar lá. A principal é o Eleve Gestão!

O melhor sistema para gestão financeira e administrativa do Brasil auxilia você a organizar todos os setores do seu micro ou pequeno negócio.

Não é por menos que o Eleve Gestão já é utilizado por milhares de empreendedores por todo país.

Mas calma lá, o que o Eleve Gestão me oferece?

Sabemos que você se perguntou isso — por isso, vamos te mostrar os módulos que você tem acesso:

E aí, que tal dar o pontapé inicial em um negócio de sucesso? Então comece preparado: assine o Eleve Gestão, integre-o à sua empresa, acesse de qualquer dispositivo e controle todo o fluxo financeiro.

Conheça mais sobre o Eleve Gestão, suas funcionalidades e diferenciais!
Nova call to action

Conclusão 

Ao longo deste conteúdo, te mostramos os principais negócios em alta no mercado brasileiro no momento.

Qual deles te chamou mais a atenção?

Esperamos que nossas dicas ajudem você a abrir a sua empresa com tranquilidade, sem descumprir suas obrigações fiscais e com todo potencial para crescimento.

Para isso, lembre-se: uma gestão organizada é essencial! Por isso, o Eleve Gestão é a melhor escolha.

E agora, que tal descobrir mais segredos sobre o controle financeiro do seu negócio? Então siga lendo os nossos conteúdos aqui no blog da Eleve!

como abrir uma empresa delivery montar delivery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *