ideia de negócio

Ideia de negócio: 14 opções em alta para investir em 2022

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 02 maio, 2022

Uma ideia de negócio é um insight, um relance, uma possibilidade de empresa que possa se encaixar em um nicho de mercado, conquistar clientes e alcançar excelentes resultados financeiros. Por mais básicas ou pouco elaboradas que suas ideias de negócio sejam, recomendamos que você não as descarte logo de cara.

Investigue, pesquise, pergunte por aí e coloque a internet à sua disposição. Afinal, você pode estar diante de uma excelente oportunidade.

No entanto, e se você não teve a ideia premiada e está em busca daquela que faça seus olhos brilharem e represente uma verdadeira oportunidade de negócio?

Bom, toda empresa bem-sucedida começou por esse ponto básico: a ideia do negócio.

Nesse conteúdo, queremos ajudar você, instigando sua criatividade e propondo algumas ideias de empresa que podem fazer sentido e resultar em negócios lucrativos no curto, médio e longo prazos.

Que tal conferir mais? É só seguir a leitura!

Como ter uma ideia de negócio inovadora?

E você, sabe como estruturar uma ideia de negócio? Bom, o primeiro passo é focar em construir uma empresa inovadora em essência. Assim, você tem maiores chances de sucesso!

Mas calma, explicamos o porquê:

Ao aprender como gerar ideias de negócios, seguir pelo lado da inovação é sempre um desafio, mas que pode trazer excelentes resultados.

Ser inovador é desafiar o senso comum de um mercado e criar soluções que realmente sejam valiosas aos seus consumidores — o que muitas vezes reeduca (ou cria) todo um nicho de consumidores.

Foi o que a Netflix fez, por exemplo.

Ela já era — de certa forma — inovadora em seu modelo de negócios tradicional: um serviço de assinatura que enviava DVDs e Blu-rays de filmes via correios.

No entanto, a partir do momento que a tecnologia evoluiu, ela viu a chance de ser pioneira no streaming de conteúdos.

Conforme o tempo passou, esse movimento se provou um enorme acerto.

Essa é uma ótima inspiração para você que busca por aquela ideia de negócio com chances de dar certo.

Isso quer dizer que criar uma empresa que oferece o mesmo produto ou serviço que vários concorrentes é um erro?

Claro que não, mas há todo um contexto a se entender: é provável que o crescimento leve mais tempo e exija mais da sua empresa, enquanto trabalha para ganhar mais credibilidade que os competidores.

O foco na inovação, por outro lado, exige bastante trabalho pois falamos de uma entrega (seja de produto ou serviço) que oferece algo novo, mas que pode rapidamente cair nas graças do público-alvo.

E então, agora que você aprendeu o que é e como estruturar uma ideia de negócio, que tal conferir algumas dicas?

14 ideias de negócios para 2022

Procurando ideias de negócio próprio? Criamos uma lista com algumas áreas em alta que você pode investir e que com certeza representam uma excelente oportunidade, confira!

1. Importação de produtos

Que tal se aventurar em um mercado com um enorme número de possibilidades? É o que o setor de importações oferece!

Sabe aquele chocolate famoso na Suíça e que não é oferecido por aqui? Ou aquele gadget que fez sucesso no TikTok e que ninguém trouxe ao Brasil?

Bom, você pode explorar comercialmente qualquer tipo de produto com a importação.

É um mercado que te dá a chance de se destacar dos competidores — ou mesmo oferecer algo totalmente novo para os brasileiros.

Aqui, vale a pena caprichar na pesquisa e contar com a ajuda de profissionais especializados em gestão alfandegária e tributária, garantindo que sua empresa siga os passos corretos ao importar novos produtos.

2. Gestão de redes sociais

ideia de negócio gestão de redes sociais

Cada vez mais, as redes sociais ocupam um lugar de destaque no marketing e na estratégia geral das empresas.

E se você pudesse oferecer um serviço especializado de gestão dessas redes, seja para pequenos, médios ou grandes negócios?

A função de “social media” não é incomum nas empresas, no entanto, prestar serviços especializados (que unam experiência com proatividade) pode ser o suficiente para lhe garantir uma excelente renda extra.

Essa ideia de negócio, pois mais nichada que pareça, encaixa-se em todo mercado. Afinal, empresas de todo tipo utilizam e precisam das redes sociais.

3. Infoprodutos

Os infoprodutos são produtos digitais vendidos online. Você provavelmente já passou por eles ao navegar pela internet, como e-books, planilhas, infográficos, softwares e muitos outros.

Se você tem muito conhecimento em um assunto específico, é possível entrar no mercado de infoprodutos e vender seus próprios materiais educativos.

Existem até plataformas próprias para hospedar esses infoprodutos e servir como uma comunidade dedicada aos clientes que os compram, o que simplifica sua gestão.

Entre as ideias de negócios para empreender, essa é uma das que mais vem ganhando adeptos.

De acordo com dados divulgados na Exame, em 2021 já eram mais de 116 milhões de usuários em todo o mundo.

Além disso, de acordo com pesquisa da Forrester, todas as empresas do mundo (isso mesmo) farão parte desse mercado em cerca de 10 anos.

4. Consultoria de marketing digital

Há muito potencial a ser explorado no mercado online pelas empresas. É por isso que o marketing digital é tão importante.

No entanto, contratar especialistas no tema é complexo: o mercado é repleto de diferentes profissionais, com especializações distintas.

Além de redes sociais, que já destacamos acima, há como oferecer serviços especializados em SEO (otimização para mecanismos de busca), automação de marketing e mesmo mídia paga (estratégia e criação de anúncios online).

Caso você tenha experiência no tema, essa é uma das melhores ideias de negócio próprio com baixo investimento.

5. Loja online

Agora, buscando por ideias de pequenos negócios que deram certo? Então você pode olhar para o mercado das lojas online.

No primeiro trimestre de 2021, as lojas virtuais movimentaram mais de R$ 53 bilhões, o que representa um crescimento de 31% em relação a 2020.

Os dados são do site E-commerce Brasil.

A boa notícia é que você pode explorar diferentes segmentos e mercados, seja com foco em clientes B2B ou B2C.

Recomendamos explorar uma área que você já tenha familiaridade e que conheça o produto em questão, bem como o público-alvo que potencialmente irá atingir.

6. Dropshipping

O dropshipping é uma ideia de negócio interessante, já que o próprio fornecedor faz a ponte entre a loja e o cliente.

Esse modelo de negócio baseia-se no seguinte: uma loja virtual realiza a venda em seu site, mas não mantém o estoque do produto vendido.

Pelo contrário, com a ordem de compra em mãos, ele aciona o fornecedor, que realiza o envio e cuida do pós-venda.

Ou seja, caso você decida abrir uma loja online que segue o modelo dropshipping, pode acionar fornecedores em todas as regiões do Brasil.

Desse modo, em vez de depender de um estoque único ou de centros de distribuição, você deixa a logística na mão dos fornecedores.

Outro ponto é o investimento inicial.

Como a loja virtual é apenas uma intermediária no processo, sua empresa não precisa se preocupar em produzir ou mesmo adquirir o produto em si.

7. Loja de roupas

Está aí um mercado nada novo, mas que oferece várias oportunidades de inovar e se reinventar.

Ao criar uma loja de roupas, você pode aproveitar diferentes nichos de consumidores, como aqueles que gostam de roupas personalizadas, camisas com motivos “nerds” (com referências de filmes, séries e videogames), música ou mesmo futebol.

Além disso, você pode vender roupas para bebês e crianças que se diferenciam do que já existe no mercado.

Outro segmento de roupas é de pets, que possuem várias exigências e tamanhos.

Listar todas as possibilidades tornaria esse texto muito longo, mas a verdade é que existe um mercado rico a ser explorado.

8. Marketing de afiliados

O segmento de afiliados vem ganhando cada vez mais adeptos — e você pode encontrar várias ideias de negócio para 2022 nessa área.

Mas o que é exatamente marketing de afiliados?

Digamos que a empresa de Rafael venda um tipo de infoproduto.

Para impulsionar suas vendas na internet (por meio de anúncios online), Rafael conta com afiliados que ajudam na divulgação nas redes sociais, via Google Ads, entre outros.

Conforme os usuários compram o infoproduto de seu link, você como afiliado ganha uma comissão em cima do valor.

É assim que os afiliados podem ir longe, conquistando uma excelente renda!

9. Venda de alimentos

Outro mercado que não dá sinais de que vai diminuir a tração é o de alimentos.

Você pode explorar diferentes ideias de negócio nesse segmento. Esta é uma excelente saída para quem se sente seguro para cozinhar ou gerenciar uma cozinha.

É possível se aventurar em modelos de negócio específicos, como delivery, ghost kitchens, entre outros.

Além disso, você pode tentar crescer servindo a nichos de consumidores, com alimentos voltados ao público fitness ou vegano.

10. Venda de artesanato

Agora, caso você tenha habilidades manuais que permitam criar peças de arte e artesanato, aqui tem uma boa ideia de negócio.

É possível criar produtos com materiais reciclados, produtos customizados, acessórios para pessoas, pets e para casa, entre vários outros.

11. Serviços de estética e beleza

Aqui temos um setor que está em franco crescimento.

Conforme dados da Associação Brasileira de Franchising, o setor faturou quase R$ 10 bilhões no início do segundo semestre de 2021.

Esse é um mercado que pode oferecer incontáveis possibilidades e diferentes nichos de consumidores, como aqueles que buscam por produtos mais sustentáveis ou mesmo produtos estéticos de origem vegana.

12. Serviços freelancer

Possui um conhecimento ou uma profissão que se enquadra como prestação de serviços?

Então, você pode oferecer suas habilidades para empresas e clientes pessoas físicas, no modelo “freelancer”.

Para quem não conhece, é um termo em inglês que basicamente quer dizer profissional autônomo, que trabalha como contratado para projetos específicos.

É um ramo muito comum para profissionais de marketing, TI, comunicação e mesmo jornalistas.

Para isso, é necessário criar um MEI e ter um CNPJ, pois o freelancer no Brasil é encarado como um microempreendedor individual.

13. Blog e canal no YouTube

ideia de negócio canal no youtube

Se você acha que possui um tato para as mídias sociais, uma das melhores ideias de negócio próprio com baixo investimento é criar seu blog e canal no Youtube.

Seja para divulgar seu lifestyle, seu hobbie, ensinar as pessoas algo que você sabe fazer ou mesmo para criar conteúdos diferenciados, você pode aproveitar as diversas plataformas online para isso.

O blog é uma recomendação mais tradicional, baseada na escrita de blogposts e na interação com quem lê e comenta em seus conteúdos.

E o canal no Youtube pode ser um complemento ao blog, servindo de elemento audiovisual em sua jornada de criação do seu próprio negócio.

Há incontáveis exemplos de pequenos empreendedores que se tornaram grandes blogueiros e Youtubers… Talvez o próximo seja você!

14. Franquias

O mercado de franquias está em constante evolução. De acordo com dados de estudo da ABF, o segmento teve crescimento de mais de 10% no faturamento.

Apostar em uma franquia exige um investimento inicial que pode ser considerável, mas se trata de um modelo de negócio pronto para iniciar as operações e movimentar o fluxo de caixa.

Ideias de negócios: Dúvidas frequentes

E agora, antes de encerrar, que tal conferir algumas respostas rápidas a dúvidas frequentes sobre o assunto? Separamos duas questões para você, veja só!

Que tipo de negócio dá mais dinheiro?

É difícil apontar qual tipo de empresa dá mais lucro — e não indicamos que você escolha sua ideia de negócio apenas baseado nesse pensamento. Em vez disso, considere o seguinte:

Qual tipo de negócio mais se encaixa em minhas preferências/habilidades e com maior potencial de lucro?

Esse é um bom ponto de partida para gerar uma boa ideia de empresa lucrativa e bem-sucedida.

Quais são os negócios que faltam no Brasil?

Existem vários modelos de negócios que ainda estão em falta no Brasil. Essa é uma brecha que você pode aproveitar! Mas quais são os setores? Confira nossa lista:

  • Dropshipping;
  • Seguros simplificados e sem burocracia;
  • Lojas de roupas genderless (em distinção de gênero);
  • Negócios que seguem o modelo “buy one, give one”, em que a cada compra de produto, outro é doado a pessoas em necessidade.

Aumente suas vendas com as soluções da Eleve

Teve uma ideia de negócio brilhante e que tem tudo para dar certo?

Bom, esse é só o primeiro passo. Para que seu negócio se prove realmente promissor e que você possa crescer, é preciso de uma gestão eficiente.

Para isso, você pode se tranquilizar e contar com o Eleve Gestão.

Essa é a melhor ferramenta de controle administrativo e financeiro para micro e pequenas empresas, sabia?

Com ele na sua empresa, você organiza todos os setores e processos, acessando módulos que vão desde CRM, gestão de compras e estoque, até o painel do contador.

Ou seja, todos os recursos necessários para que a sua ideia de negócio se concretize em uma organização de sucesso.

Conheça tudo sobre o Eleve Gestão, seus diferenciais e planos!
Nova call to action

Conclusão

E aí, gostou de aprender mais sobre as principais ideias de negócio para 2022? Esperamos que a nossa lista de dicas ajude você a começar seu novo empreendimento o quanto antes!

Uma vez consolidada, sua empresa precisa de estabilidade para seguir entregando qualidade.

Por isso, conte com todo o potencial do Eleve Gestão para automatizar vários aspectos da sua administração!

Para seguir aprendendo mais, que tal conferir nosso guia sobre pesquisa de mercado, como aplicá-la e qual a sua importância?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.