crm para pequenas empresas

CRM para pequenas empresas: Por que investir em um sistema?

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 19 julho, 2021

Entender se você deve investir em um CRM para pequenas empresas depende de uma única questão: seu negócio quer ser igual ou diferente da concorrência?

Manter-se no mesmo nível significa se estagnar, realizar uma manutenção dos resultados. Em suma, você não cresce.

Agora, ser diferente significa investir em tecnologia e em uma cultura comercial e de atendimento que busque aprimorar o relacionamento com seus clientes.

Ou seja, você se posiciona como uma empresa com diferenciais competitivos que podem levá-la para o topo.

E é justamente isso que o CRM para pequenas empresas proporciona.

Muito além de uma ferramenta, sua implementação significa uma mudança de cultura — algo extremamente benéfico para pequenos negócios.

Pense bem: um dos trunfos desse tipo de organização é justamente o atendimento, certo?

Afinal, quem nunca optou pelo serviço de uma empresa local e/ou menor por que o atendimento oferecido era diferente, mais próximo e com diferenciais bacanas?

É quase uma mania popular — um benefício que as pequenas empresas devem saber aproveitar.

Por isso, o uso de um sistemas como um CRM pode ser decisivo no sucesso do negócio.

É o uso da tecnologia para aprimorar o relacionamento com os clientes, desenvolvendo vínculos mais fortes e aproveitando ainda mais oportunidades.

Entenda mais!

Nova call to action

CRM para pequenas empresas: Afinal, o que é um CRM?

O CRM para pequenas empresas é tanto uma estratégia, como um sistema.

Calma, vamos explicar certinho.

Antes de entender sobre o software, achamos pertinente explorar um pouco por trás do conceito de CRM, que em inglês se lê Customer Relationship Management.

Ou seja, Gestão do Relacionamento com Clientes.

É uma estratégia que busca colocar o cliente no foco do planejamento corporativo e como centro dos processos da empresa.

Ou seja, entender o perfil do seu consumidor para oferecer um melhor atendimento a ele — fidelizando-o e garantindo que ele volte a fazer negócios com sua empresa.

Existem pequenas organizações que sabem sobre seus clientes por nome, entendendo suas preferências, formas preferidas de pagamento e comunicação.

Além disso, sobra espaço até para alguns diferenciais, como saber a data do aniversário do cliente.

Você vê como essas informações facilitam a negociação e ainda abrem brechas para se posicionar de uma forma diferente? Um pequeno presente ou desconto no aniversário é algo que toca, que humaniza a relação e facilita a fidelização

É um comportamento que faz lembrar alguns pequenos negócios, certo? Como o mercado do bairro, o eletricista da rua, a pizzaria da esquina.

E é positivo traçar esses paralelos, pois a gestão do relacionamento com clientes é algo que praticamente caracteriza esses negócios.

O software CRM nasce com a premissa de potencializar essa capacidade e melhorar a relação com os consumidores.

Afinal, por mais bacana que seja pensar no padeiro mantendo tudo escrito em um caderninho, basta o negócio escalar um pouco para que as informações se percam.

Sendo assim, o software CRM busca centralizar todo controle do relacionamento com os clientes (e com os leads, claro).

Dessa forma, ajuda a organizar e automatizar processos desde o primeiro contato estabelecido, passando pela prospecção, captação, nutrição e qualificação, negociação, venda e pós-venda.

Tudo isso com uso de recursos e funcionalidades que permitem captar dados dos clientes em todo seu histórico de interação com a empresa.

Ou seja, com poucos cliques, é possível visualizar o relacionamento inteiro com um (ou mais) cliente.

Para que serve um sistema CRM?

Dados, histórico de relacionamento, automação de processos. Ainda confuso sobre a função do sistema CRM para pequenas empresas? Então veja só!

Ao captar e organizar os dados de cada lead e cliente no software CRM, você tem em mãos um banco de dados riquíssimo que pode ajudar sua empresa.

Como?

Bom, ao analisar as informações de forma aprofundada, é possível identificar vários pontos críticos na relação entre sua empresa e os clientes.

Ou seja, você não apenas avalia o que deu certo, mas também tem em mãos dados sobre a jornada do cliente no seu negócio.

Assim, é possível compreender coisas como:

  • Como diminuir a taxa de churn;
  • Quais as principais reclamações dos clientes;
  • Oportunidades de otimização do funil de vendas;
  • Como diminuir custos operacionais desnecessários;
  • Quais ações e estratégias de marketing estão dando mais resultados;
  • Em quais pontos do atendimento os leads estão abandonando a empresa;

Ou seja, o CRM para pequenas empresas dá mais poder analítico e se torna uma excelente ferramenta de inteligência de negócios, capaz de transformar os resultados.

A falta desse tipo de insight é o que, muitas vezes, enfraquece a estratégia da empresa.

Por exemplo, veja só este dado:

A Oracle postou uma pesquisa em seu blog sobre a relação dos vendedores com a tecnologia.

No estudo, foi constatado que 85% dos representantes comerciais já cometeram erros embaraçosos justamente porque não tinham informações básicas que um CRM poderia prover.

Ou seja, algo grave e que pode prejudicar os negócios.

Como funciona um CRM?

Na realidade de pequenas empresas, o CRM funciona como um sistema que profissionaliza a gestão comercial, aprimorando o relacionamento com os clientes.

Na prática, o CRM é um software corporativo, ou mesmo o módulo de um sistema de gestão.

É implementado e integrado aos pontos de contato da empresa (website, redes sociais, e-mail, etc), com uma interface para os atendentes e também para profissionais de marketing e vendas.

Dessa forma, facilita e em muitos casos automatiza o cadastro de informações.

Assim, uma vez que um cliente se inscreve em uma landing page de uma campanha de marketing digital, essa conversão é inscrita no CRM — tudo de forma detalhada, o que melhora a leitura e a análise de preferências.

O mesmo acontece se o cliente liga para o atendimento — que vai consultar seu cadastro no CRM e anota as informações sobre a conversa, relatando suas dúvidas ou feedback.

Por fim, o que você tem em mãos é um banco de dados qualificados que vão permitir uma visualização (tanto macro quanto micro) do relacionamento com o cliente.

De quais formas um sistema CRM pode ser usado em pequenas empresas?

Engana-se quem pensa que o CRM não serve para pequenas empresas. Pelo contrário, a ferramenta é amplamente utilizada em PMEs no mundo todo.

Dados da CRM Magazine comprovam isso: nos Estados Unidos, cerca de 91% dos pequenos negócios utilizam um CRM.

Mas nós sabemos que a percepção de que o CRM não é coisa para um pequeno negócio vem da ideia de que tecnologia é algo inerente às grandes empresas.

Porém, se você é uma pequena empresa, saiba que essa é uma constatação bastante equivocada.

Tanto que há desenvolvedores com uma ampla suíte de softwares, plataformas e sistemas de gestão que atendem negócios de todos os portes.

Desde um MEI que trabalha sozinho até grandes corporações internacionais.

Agora, entender como o CRM pode se encaixar na sua empresa é outro detalhe. Um desafio, na verdade.

Por isso, separamos alguns aspectos que podem caracterizar o uso do sistema em sua pequena empresa, veja só!

Atendimento ao cliente 

O CRM dá mais visibilidade sobre a base de clientes, leads e mesmo prospects. 

Dessa forma, é possível encontrar nos dados os caminhos para melhorar o relacionamento e potencializar métricas, como aumento de vendas ou redução da perda de clientes.

Análise de indicadores 

Possua visualização completa sobre os indicadores de sua operação.

O CRM para pequenas empresas possibilita que você analise o que deu certo e o que deu errado nas ações e negociações do último mês, semana ou ano.

Assim, você consegue redesenhar as melhores estratégias para otimizar os resultados.

Auxílio em tomadas de decisões 

Quer fazer alguma mudança ou atualização em seu produto ou serviço? Ou mesmo se encontra em dúvidas entre lançar uma landing page ou outra?

Com análise dos dados do CRM, é possível identificar as preferências dos consumidores.

Ou seja, quais recursos eles mais pedem para serem incorporados aos seus produtos? E além disso: qual estilo de landing page mais traz conversões?

Essas são apenas algumas das respostas possíveis dentro do CRM.

Definições de estratégias

Muitas vezes, sentar para arquitetar as estratégias de negócios é uma missão árdua. 

Sem informações qualificadas, você corre o risco de atirar no escuro, com uma previsão de acerto bem baixa.

O CRM te dá dados que capacitam sua inteligência de negócios, fortalecendo as decisões holísticas acerca da melhor e mais precisa estratégia a ser seguida.

7 Vantagens de implementar um sistema CRM para pequenas empresas

Ao investir na gestão do relacionamento com o cliente através da tecnologia, você encurta caminhos e torna todo processo de conquista, negociação e fidelização de consumidores mais fácil.

Quer saber outros benefícios do CRM para o seu negócio? Veja a lista que separamos.

Maior produtividade

Facilite o trabalho da equipe de vendas ao centralizar os dados em uma única ferramenta.

Assim, as negociações podem ser feitas de forma instantânea, sem que o vendedor precise esperar por relatórios de outros setores.

O mesmo acontece com a equipe de atendimento: com as informações exatas em mãos, é mais fácil e rápido resolver as dores dos clientes.

Visão macro do negócio

Como performa seu time de vendas? E o atendimento? E quais os resultados das últimas campanhas de marketing?

O CRM responde a todas essas perguntas.

Ou seja, é uma ferramenta ideal para entender a situação do seu negócio em uma esfera mais ampla.

Acompanhamento de desempenho

Acompanhe os números da sua empresa conforme são atualizados em tempo real.

Entenda padrões de consumo, queixas e dores do seu público sem atraso algum.

Assim, você tem maior poder de controle e decisão sobre a execução dos principais setores do negócio, podendo realizar melhorias “on the go” e que causem impactos imediatos nos resultados.

Melhoria da experiência do cliente 

Coloque o cliente no foco dos processos de negócio e utilize o CRM para implementar uma cultura de gestão do relacionamento com o cliente.

Dessa forma, você entender melhor quem é, o que quer e como seu cliente quer ser abordado.

Ou seja, sua empresa compreende o próprio público e arquiteta estratégias eficazes para potencializar os resultados, como a captação e fidelização.

Uma forma assertiva de aprimorar a experiência do cliente.

Escalabilidade

As melhores soluções do mercado são desenvolvidas pensando em escalabilidade.

Ou seja, com atendimento personalizado, a chance da sua empresa crescer é alta.

E o CRM acompanha isso, oferecendo capacidade e recursos escalonáveis.

Aumento vendas

Ao compreender o perfil do cliente, você não apenas utiliza as informações para melhorar o índice de vendas, mas entende também padrões que podem levar a melhor taxa de up-selling e cross-selling.

Ou seja, é uma ferramenta que indica os melhores caminhos para sua empresa crescer.

Previne perdas

O acesso a dados qualificados te dá um entendimento aprofundado sobre o nível de satisfação do cliente.

Não falamos apenas sobre o produto ou serviço em si, mas sobre cada etapa do relacionamento.

Dessa forma, é possível identificar oportunidades de melhorias e implementar soluções focadas, que reduzam o churn.

CRM para pequenas empresas: Como saber se devo investir? 

Sua empresa realmente necessita de um CRM?

Se você busca melhores resultados, já adiantamos: sim.

Um estudo da Capterra descobriu que, ao utilizar CRM, foi constatado um aumento de 47% na retenção e satisfação dos clientes.

No entanto, há fatores adversos que podem servir de gatilho para sua decisão de investir ou não. Que tal conferir uma lista deles e entender se é o caso da sua empresa?

Perdas de clientes

Ultimamente, seu negócio apresenta um índice crescente de perda de clientes?

Saiba que, na maioria das vezes, essas perdas poderiam ser evitadas se o atendimento e o relacionamento fosse melhor efetuado. O quão próxima sua empresa é dos clientes?

Falta de produtividade

Você quer crescer, mas seu time não consegue performar. Cenário comum, mas indesejado, certo?

Às vezes, a culpa não é dos colaboradores, que fazem o que podem. Na verdade, podem faltar ferramentas para otimizar o dia a dia e maximizar a produtividade.

É o caso da equipe de vendas, por exemplo. Sem um CRM, as negociações tendem a demorar muito mais!

Rotatividade de colaboradores 

A taxa de turnover assusta?

Muitas vezes, o que falta é a padronização de processos e uma objetivo em comum que seja viável — mesmo sendo um desafio.

O CRM para pequenas empresas proporciona uma maior estabilidade de processos e informações no seu sistema de gestão, o que facilita o trabalho e melhora resultados.

Ok, isso impacta a empresa, mas e os colaboradores?

Bom, com melhores resultados, a tendência é que os colaboradores sejam beneficiados e sua satisfação cresça.

Perda de dados e informações importantes

Sente que poderia melhorar o relacionamento com os clientes, mas não tem dados suficientes para isso?

Gerenciar a relação por meio de planilhas e anotações ocasiona situações como essa: falta de informações que poderiam ser decisivas para seus resultados.

Com o CRM, você armazena cada dado sobre as interações do cliente ou lead, enriquecendo suas estratégias.

Relatórios falhos 

A falta de integração de informações prejudica até mesmo a qualidade dos relatórios que seus times emitem.

Documentos falhos ou incompletos são comuns, o que prejudica a qualidade dos insights obtidos.

Com um CRM, essa não é uma realidade do seu negócio, pois o acesso aos dados é amplo e integral, o que possibilita a criação de relatórios qualificados e completos.

Desorganização dos fluxos de trabalho 

Os processos produtivos na sua empresa não andam em conformidade com os objetivos?

Deve ser porque há um alto volume de tarefas de pouco valor emperrando a rotina dos funcionários.

Com um CRM, você elimina essas tarefas pois pode automatizar vários processos. 

Assim, organiza o dia a dia de trabalho e tira o melhor do tempo dos funcionários!

Como escolher um sistema CRM para pequenas empresas?

O CRM para pequenas empresas ideal é o que é capaz de potencializar seu negócio, melhorando várias tarefas e funções do seu sistema de gestão e dando mais autonomia aos funcionários.

Só assim é possível criar e executar melhores estratégias, que visem alcançar os objetivos da empresa.

No entanto, além de qualquer coisa, opte por um CRM que realmente ofereça funcionalidades e recursos para melhorar a gestão do relacionamento com o seu cliente.

Você precisa de uma ferramenta escalável e altamente tecnológica para modernizar seus processos e melhorar os resultados.

Aqui, o suporte técnico é um ponto crucial. Por isso, muita atenção à expertise da sua fornecedora.

Uma empresa de destaque, reconhecida por sua capacidade de inovação, tem maior capacidade de auxiliar na implementação e na rotina da empresa com o CRM.

Eleve Gestão

O Eleve Gestão é um dos principais sistemas de gestão financeira para micro e pequenas empresas do mercado brasileiro. E tem mais: que ajuda a melhorar a qualidade da prospecção e do atendimento aos clientes da sua empresa.

Com o módulo CRM do Eleve Gestão, é possível:

  • Acompanhar a trajetória das oportunidades, desde a entrada do lead até o fechamento do negócio
  • Ter controle personalizado de todas as etapas do funil de vendas
  • Aumentar a produtividade da sua equipe
  • Ter um CRM integrado ao seu sistema de gestão

Quer saber mais? Clique aqui e conheça a solução em detalhes!

Nova call to action

Conclusão

Para pequenas empresas, o CRM é uma ferramenta que vai muito além do tópico de gestão de relacionamento.

Na verdade, é uma oportunidade da empresa aderir a uma gestão digital, centrada no consumidor e em suas necessidades.

Ou seja, é uma forma de arquitetar o negócio para que se posicione como destaque em uma era digital, onde a venda é só mais uma etapa do dia a dia produtivo.

Com um CRM para pequenas empresas, é possível que a companhia se organize, potencialize sua produtividade e foque em resolver as dores dos clientes.

Assim, o caminho para o crescimento se desenvolve da melhor forma possível.

E agora que você entendeu tudo sobre o assunto, que tal continuar de olho em nosso blog para mais conteúdos sobre gestão de negócios e tecnologias?

crm relacionamento com cliente sistema de gestão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *