Como administrar uma empresa: Dicas para uma boa gestão

Equipe TOTVS | NEGÓCIOS | 08 setembro, 2021

Aprender como administrar uma empresa é uma jornada que pode levar um tempo. Falamos do processo de alinhar e coordenar todos os aspectos de um negócio, gerenciando funcionários, fornecedores, finanças, vendas e também as cumprindo com as obrigações fiscais.

Ou seja, bastante coisa, concorda?

É por isso que para aprender como administrar uma empresa, é preciso entender que existem alguns desafios únicos.

Afinal, especialmente no que diz respeito a micro e pequenos negócios, é necessário considerar não apenas o conhecimento administrativo, mas toda gestão financeira, gestão de recursos humanos e as leis e regulamentos relacionados ao seu empreendimento.

Além disso, é necessário se atentar às constantes atreladas à administração de uma empresa, especialmente em relação às táticas de marketing, às expectativas de uma nova geração de funcionários e, claro, às novas ferramentas de gestão que surgem no mercado.

Como balancear tudo isso, enquanto você ainda se concentra nos problemas do seu cliente e melhorar seus resultados em busca do crescimento?

Essa resposta pode ser um bilhete premiado da loteria, concorda?

Nesse conteúdo, vamos te ajudar a encontrá-la, explorando algumas das principais dicas de como administrar uma empresa. Tá afim de aprender? Então siga a leitura conosco!
Nova call to action

Como administrar uma empresa: Saiba por onde começar

Afinal, você sabe como administrar uma empresa? Esse é um processo complexo, que começa lá na etapa de abrir o seu negócio, com a escolha do regime tributário.

Além disso, há toda questão de pesquisa de mercado para entender quais são suas forças e ameaças.

É necessário também conhecer o mercado de talentos da sua região (ou, se for um negócio on-line, os talentos em sua rede de contatos).

Enfim… Nem precisamos continuar, certo? Há uma infinidade de fatores a se considerar.

Para aprender como administrar uma empresa, você deve primeiro compreender que sua função primordial é coordenar todos os aspectos do seu negócio.

Sintonia entre processos e harmonia entre setores — mesmo que falemos de apenas uma pessoa por trás de tudo — é algo essencial para garantir que uma operação contínua, lucrativa e escalável.

Esteja preparado para diversos cenários

Você sabe: o mercado brasileiro é extremamente volátil, em muito por conta da instabilidade política e econômica de nosso país. Logo, o sucesso é também um reflexo da sua capacidade de se adaptar a qualquer cenário.

  • E se amanhã o dólar baixar de preço, sua empresa estará em vias de lucrar ou não?
  • E se o seu principal fornecedor furar com seu pedido, você conseguirá driblar esse obstáculo e continuar produzindo?
  • E se um terço dos seus clientes ficar inadimplente, de um mês para o outro, você vai conseguir manter sua operação em dia?

É claro, muitas dessas situações envolvem essencialmente você ter caixa para lidar com o passivo do seu negócio.

No entanto, falamos também que é necessário ter uma “casca” para saber negociar e encontrar saídas estratégicas, menos onerosas e que não prejudiquem seu negócio.

Para isso — como você verá adiante — um planejamento estratégico é essencial.

Descrever cenários adversos ajuda você a contemplar saídas e, de maneira prévia, começar a se prevenir.

Conheça sua concorrência

É muito difícil entrar no mundo dos negócios hoje e se ver diante de um mercado sem competidores. Por isso, antes de qualquer coisa, conheça sua concorrência!

Isso quer dizer entender tudo sobre eles: como sua marca é reconhecida (seu branding), sua política de precificação, suas estratégias de marketing, seu atendimento ao cliente, seus canais de venda… Realmente tudo!

Nossa dica é investir em uma pesquisa de mercado completa.

Assim, é possível analisar com detalhes a forma que seus competidores atuam — traçando estratégias para que você possa explorar seus gaps.

Desse modo, você não compromete suas finanças apenas para vender com preços menores, por exemplo.

Pelo contrário, age em cima do que pode ser um diferencial competitivo do seu negócio.

Faça um planejamento estratégico

Como mencionamos anteriormente, não há como administrar uma empresa sem que você tenha um bom planejamento estratégico a seguir.

Mas afinal, você sabe como criar um ou o que compõe um planejamento desse tipo?

Trata-se da documentação do seu negócio, seus produtos ou serviços, bem como uma definição de suas metas e objetivos.

Claro, quanto mais completo, melhor.

Por isso, recomendamos que você adicione informações sobre o mercado e suas projeções ao entrar nele.

Qual seu orçamento inicial? Quais suas projeções de vendas? De quanto tempo você precisa para que o negócio comece a apresentar retornos?

São resoluções como essas que você pode incluir no planejamento estratégico.

Aliás, vale comentar que o planejamento não é um “dogma” — uma verdade absoluta.

Considere mais como uma diretriz de negócio, a qual você pode voltar, revisar e reformular quando necessário.

Monte uma boa equipe

Se você deseja que seu negócio prospere, é importante contratar pessoas treinadas e motivadas que buscam o sucesso.

Especialmente no caso de micro e pequenos negócios, é necessário investir o dinheiro das contratações com total certeza de retorno. Por isso, faça entrevistas completas e analise profundamente o perfil dos candidatos.

E claro, uma vez efetuada a contratação de funcionário, entenda todos os direitos aos quais ele tem direito, os impostos que você deve pagar e demais adicionais.

Além disso, reserve um tempo para pensar em estratégias de qualificação e também retenção dos funcionários.

Como administrar uma empresa na prática

Para aprender como administrar uma empresa, você precisa entender que existem vários tópicos relacionados ao negócio que você deve dominar.

Entre as funções do gestor — que são muitas — é necessário garantir que o negócio esteja no caminho certo para atingir seus objetivos.

Mas afinal, o que faz um gestor de empresa? Resumimos a seguir:

  • Projeta o orçamento da empresa;
  • Recruta, contrata e treina novos funcionários;
  • Gerencia estoque e toma decisões de compra;
  • Supervisiona as atividades diárias dos funcionários;
  • Garante que as metas de negócio sejam alcançadas;
  • Lida com a produção, marketing e funções administrativas;
  • Certifica-se de que as operações do dia a dia estão funcionando;
  • Estabelece metas de vendas e garante que a equipe esteja no caminho certo para alcançá-las.

Você sabe o que isso tudo significa? A gente te explica: entenda como administrar uma empresa na prática.

Controle financeiro

como administrar uma empresaUm dos pilares de qualquer empresa de sucesso é a eficácia do seu controle financeiro empresarial

Você sabe como fortalecer a organização das suas finanças, de modo que as informações não saiam de controle e você não tenha dívidas?

Por meio do controle financeiro, você pode ter uma visão ampla da sua saúde financeira, entendendo as entradas e saídas do seu caixa.

Essa é uma das principais tarefas por trás da gestão financeira, que visa estabilizar o fluxo de caixa do negócio, de modo que seja compatível com suas metas financeiras.

Para realizar o controle financeiro empresarial, você deve acompanhar diariamente seu fluxo de caixa, definir seu orçamento, cortar gastos desnecessários e pagar suas contas e obrigações fiscais em dia.

Aliás, um ponto extremamente importante: sempre separe suas contas pessoais das empresariais.

Esse é um dos principais erros de gestão empresarial que novos empreendedores acabam cometendo — e, assim, comprometem o crescimento do negócio.

Controle do estoque

Como você controla o estoque do seu negócio? Sabia que sistematizá-lo pode ser essencial para o sucesso da sua empresa? Isso porque a gestão de estoque reduz erros, corta custos desnecessários e garante que você se mantenha à par com seu orçamento.

Existem diversas maneiras de efetivar o controle de estoque e você deve definir a melhor para sua operação.

Nossa dica é contar com um sistema de gestão que possibilite que você digitalize e automatize essa operação.

Isso porque o controle manual das entradas e saídas do estoque é um processo passivo de falhas. 

Hoje, existem sistemas completos, com módulos incríveis de gestão de estoque, por preços super acessíveis.

Investimento em marketing

Em um mundo em que as marcas estão constantemente competindo pela atenção dos consumidores, é necessário “forçar” sua empresa, soluções e mensagens na mente e na rotina das pessoas.

Isso inclui, é claro, investir em marketing!

Desse modo, você poderá mostrar-lhes algo valioso e, de alguma forma, fazer com que ouçam seu argumento de venda.

Há incontáveis opções de marketing e publicidade que você pode investir.

Nossa dica é, antes de tudo, entender o sua persona e quais mídias ela mais consome para então escolher o melhor canal para investir.

Controle de desempenho

Você sabe como avaliar se os seus processos estão indo na direção certa? Com o controle de desempenho, você pode mapear as suas ações e avaliar seus resultados. 

O uso de indicadores de desempenho financeiro, por exemplo, permite que você e seu time visualizem o estado das finanças do negócio.

Eles servem como faróis para seu planejamento estratégico, guiando sua operação.

Através do controle de desempenho, você pode realizar ajustes ao seu planejamento, adaptando sua operação às demandas voláteis do mercado e, efetivamente, melhorando suas margens de lucro!

Relacionamento com o cliente

Aliás, o sucesso de um negócio não depende apenas de como administrar uma empresa e seus processos internos, mas como você lida com seus clientes.

Por isso, estabelecer processos claros que fortaleçam o relacionamento com o cliente é essencial.

Como fazer isso? Nossa dica é entender quais canais de atendimento são os preferidos da sua persona (redes sociais, WhatsApp, e-mail etc.) e estabelecer processos de atendimento.

É uma forma de figurar no local onde seu cliente se encontra, facilitando o atendimento e a criação de uma relação valiosa e promissora.

Comunicação interna

Um dos segredos sobre como administrar uma empresa é não apenas olhar para suas entregas, mas para seu maior ativo: seus funcionários.

Uma forma de capacitar a qualidade do atendimento, da produção e das vendas é trabalhando na comunicação interna.

Isso se reflete não apenas na forma que você repassa as informações para seus funcionários, mas também no jeito que delega as responsabilidades, treina e capacita seus colaboradores.

Como administrar um empresa: Dúvidas Frequentes

 

Antes de encerrarmos o conteúdo sobre como administrar uma empresa, que tal conferir algumas respostas sobre o tema? Separamos duas perguntas frequentes sobre o assunto. Veja só!

Como administrar os lucros de uma empresa?

Para maximizar os lucros, você deve saber como calcular suas margens. Uma vez que seus lucros já sejam satisfatórios, você deve criar estratégias para reinvestir uma parte dos lucros no seu negócio, bem como definir junto com seu contador uma porcentagem para divisão para você e seus sócios.

Além disso, recomendamos que você crie uma reserva financeira para emergências — de modo a não cair em armadilhas com a flutuação da economia!

É possível administrar uma empresa sozinho?

É sim possível administrar uma empresa sozinho. No entanto, você precisa entender as principais técnicas de administração, gestão financeira e controle de estoque. Além disso, é recomendado que, assim que você possa contratar, construa uma equipe capacitada e capaz de auxiliar na administração da empresa.

Como a tecnologia pode te ajudar?

A tecnologia é uma parte essencial sobre como administrar uma empresa hoje em dia. Basicamente, sem um sistema de gestão, você pouco evolui no mercado competitivo atual.

Isso porque a tecnologia auxilia na centralização de informações e automatização de vários processos internos, permitindo que você foque nas tarefas estratégicas do negócio!

Eleve Gestão

O Eleve Gestão é a solução ideal para ajudar você na missão de administrar um negócio.

Esse é o sistema mais completo para controle financeiro e de estoque destinado a micro e pequenas empresas.

Empreendedores por todo Brasil já aproveitam as funcionalidades do Eleve Gestão, que os ajuda a construir negócios competitivos.

São vários módulos para você, adequando-se à realidade da sua empresa, seja ela qual for. Destacamos:

Que tal controlar toda sua operação, indicadores financeiros, gestão de estoque, contabilidade e obrigações fiscais com ajuda de um único sistema?

Conheça todos os benefícios, funcionalidades e diferentes planos do Eleve Gestão.
Nova call to action

Conclusão 

E agora, sabe como administrar uma empresa? Esperamos que as nossas dicas ajudem você nessa complexa missão.

Sabemos que o cenário brasileiro exige muita resiliência, mas entender técnicas e práticas de gestão de negócios é um diferencial importante.

Além disso, contar com as ferramentas certas é uma forma de se blindar contra falhas e fortalecer suas práticas administrativas, bem como sua saúde financeira.

Para isso, você já sabe: lembre-se das funcionalidades do Eleve Gestão!

E aí, tem algumas dicas ou experiências a compartilhar? Deixe aqui nos comentários para ajudar outros leitores.

como abrir uma empresa gestao de processos Gestão Financeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *