aliquota simples nacional

Alíquota Simples Nacional 2021: Entenda como funciona

Equipe TOTVS | LEGISLAÇÃO FISCAL | 21 julho, 2021

Para micro e pequenas empresas, há uma forma de descomplicar toda sua tributação. No entanto, para isso, é preciso conhecer a alíquota Simples Nacional.

Empresas que fazem parte do regime tributário Simples Nacional contam com alguns benefícios atraentes, como a redução da burocracia.

Seja para MEIs, micro e pequenas empresas, fazer parte do Simples Nacional é uma chance de facilitar toda sua relação com o Fisco.

No entanto, para realizar o correto recolhimento das contribuições tributárias, é necessário que os empreendedores fiquem ligados.

Todo ano, a Receita Federal atualiza as tabelas de alíquota Simples Nacional.

Você é optante pelo Simples Nacional e sabe quais as alterações, alíquotas e obrigações para 2021? Explicamos tudo neste conteúdo!

O que é o Simples Nacional?

Se você quer saber a alíquota Simples Nacional, primeiro é preciso entender do que se trata esse regime tributário, certo? Provavelmente, se você está aqui, é porque é optante dele.

Trata-se de um regime tributário determinado na Lei Complementar 123/06 (uma lei já famosa aqui em nossos conteúdos).

Trata-se da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa.

Como a legislação indica, o Simples Nacional é um regime tributário simplificado, que facilita o recolhimento dos impostos de micro e pequenos negócios (MEs e EPPs).

Além disso, ele institui o imposto MEI: um tributo específico para microempreendedores individuais, que une 3 tributos (ICMS ou ISS e CPP) em uma só guia, que possui um valor fixo.

Esse imposto MEI não é o foco deste conteúdo. Vamos nos ater à alíquota Simples Nacional para microempresas e empresas de pequeno porte, combinado?

O que é a alíquota do Simples Nacional? 

aliquota simples nacionalVamos partir do básico: alíquota é basicamente um percentual ou valor fixo utilizado para calcular um tributo. Assim é a alíquota Simples Nacional.

No caso de MEs e EPPs optantes pelo Simples Nacional, sua tributação é calculada seguindo essa lógica:

Uma porcentagem sobre o valor bruto faturado no mês.

É muito importante entender as alíquotas, pois elas mudam de negócio para negócio.

Tudo que uma ME ou EPP, optante pelo Simples Nacional, faturar dentro de um mês, será tributado de acordo com a alíquota correspondente à atividade exercida e à área de negócios (Serviços, Comércio ou Indústria).

Ou seja, o imposto para esses negócios pode variar pois trata-se de uma porcentagem cobrada em cima do faturamento do mês.

Agora, qual porcentagem é referente ao seu tipo de negócio, área e atividade?

Falamos das diferentes alíquotas Simples Nacional, que já já vamos te mostrar!

A importância da gestão tributária nos negócios

Uma excelente gestão tributária impede que o empreendedor e seu negócio se perca diante das obrigações do fisco.

Problemas desse tipo podem prejudicar o seu negócio — sujando seu nome, dificultando que arranje investimentos ou mesmo que peça empréstimos em instituições financeiras.

Uma verdadeira bagunça, que temos certeza que ninguém quer enfrentar, certo?

É por isso que cuidar dos seus impostos deve ser uma obrigação empresarial. É um erro de muitos empreendedores — que vamos corrigir nesse conteúdo.

Como? Bom, o primeiro e mais importante passo é conhecer a alíquota Simples Nacional. Assim, você vai saber exatamente quanto deve pagar para a Receita!

Tabela da alíquota do Simples Nacional em 2021 

Para saber a alíquota do Simples Nacional que se aplica ao seu negócio, é preciso conferir a tabela de alíquotas. Trata-se de um documento com 6 anexos.

Como você vai saber onde está sua alíquota? De acordo com a Atividade Econômica (o CNAE) da sua empresa!

(E sim, se você está se perguntando: se a sua ME ou EPP exerce mais de uma atividade econômica, deverá pagar tributos diferentes — com base em suas alíquotas tabeladas).

Se você buscar pela sua(s) CNAE(s) no site do Simples Nacional, vai conseguir identificar a faixa e a alíquota.

Separamos elas abaixo, em relação às áreas de atuação, de acordo com atualização de 2021 da Receita Federal:

Comércio – Anexo I (Lojas e comércios em geral)

FaixaAlíquotaValor a Deduzir (em R$)Receita Bruta em 12 Meses (em R$)
1ª Faixa4,00%

--Até 180.000,00
2ª Faixa7,30%5.940,00De 180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa9,50%13.860,00De 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa10,70%22.500,00De 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa14,30%87.300,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa19,00%

378.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Indústria – Anexo II (Fábricas/indústrias e empresas industriais)

FaixaAlíquotaValor a Deduzir (em R$)Receita Bruta em 12 Meses (em R$)
1ª Faixa4,50%Até 180.000,00
2ª Faixa7,80%5.940,00De 180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa10,00%13.860,00De 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa11,20%22.500,00De 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa14,70%85.500,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa30,00%720.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Prestação de serviços – Anexo III (Instalação, de reparos e de manutenção)

FaixaAlíquotaValor a Deduzir (em R$)Receita Bruta em 12 Meses (em R$)
1ª Faixa6,00%Até 180.000,00
2ª Faixa11,20%9.360,00De 180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa13,50%17.640,00De 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa16,00%35.640,00De 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa21,00%125.640,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa33,00%648.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Prestação de serviços – Anexo IV (Limpeza, vigilância, obras, construção de imóveis, serviços advocatícios)

FaixaAlíquotaValor a Deduzir (em R$)Receita Bruta em 12 Meses (em R$)
1ª Faixa4,50%

Até 180.000,00
2ª Faixa9,00%8.100,00De 180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa10,20%12.420,00De 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa14,00%39.780,00De 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa22,00%183.780,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa33,00%828.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Prestação de serviços – Anexo V (Auditoria, jornalismo, tecnologia, publicidade, engenharia, entre outros)

FaixaAlíquotaValor a Deduzir (em R$)Receita Bruta em 12 Meses (em R$)
1ª Faixa15,5%Até 180.000,00
2ª Faixa18%4.500,00De 180.000,01 a 360.000,00
3ª Faixa19,5%9.900,00De 360.000,01 a 720.000,00
4ª Faixa20,5%17.100,00De 720.000,01 a 1.800.000,00
5ª Faixa23%62.100,00De 1.800.000,01 a 3.600.000,00
6ª Faixa30,50%540.000,00De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

Como funciona a alíquota do Simples Nacional? 

A alíquota Simples Nacional é fácil: uma porcentagem sobre o faturamento mensal, que deve ser pago pela ME ou EPP optante deste regime.

Lembra quando falamos que o objetivo do Super Simples é também facilitar o recolhimento de tributos?

Então: essa alíquota que você vai pagar reúne 8 tributos: CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido;

  • IRPJ;
  • COFINS;
  • IPI;
  • ISS;
  • ICMS;
  • PIS/PASEP;
  • CPP.

Como calcular a alíquota do Simples Nacional 2021?

Falamos que o cálculo da alíquota Simples Nacional é mensal, mas as tabelas apresentam o faturamento dos últimos 12 meses… Afinal, como realizar esse cálculo?

É bem fácil, veja só:

Se nos últimos 12 meses de operação, sua ME ou EPP se manter dentro do limite de R$ 180 mil de faturamento, a alíquota é fixa (conforme as tabelas).

Ou seja, é a porcentagem indicada que será descontada do seu faturamento mensal, sempre.

Agora, e se a sua empresa presta serviços de auditoria, é optante pelo Simples Nacional e faturou nos últimos 12 meses cerca de R$ 280 mil?

A alíquota efetiva será calculada com base na seguinte fórmula:

Alíquota: [(faturamento últimos 12 meses x alíquota da tabela) – dedução da tabela] / faturamento últimos 12 meses

Alíquota: [(280.000 x 18%) – 4.500 / 280.00] / 280.000

Alíquota: 0,1639

Multiplique esse resultado por 100 e você terá o valor percentual mensal que deverá pagar todos os meses: 16,39%!

Uma boa notícia, porém, é que o próprio sistema que gera o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) faz esses cálculos mensais.

Então, você só precisa emitir as guias todo mês e realizar o pagamento!
Nova call to action

Alíquota Simples Nacional: Dúvidas frequentes

E então, gostou de entender mais sobre a alíquota Simples Nacional? Esperamos que sim!

Para complementar seus conhecimentos, que tal finalizar aprendendo respostas curtinhas para dúvidas frequentes sobre o assunto? Venha conosco!

Como a alíquota do Simples Nacional é definida? 

A alíquota Simples Nacional é definida pela Receita Federal, que atualiza as tabelas dos percentuais todo ano.

Quem pode optar pelo Simples Nacional? 

Existem algumas restrições para empresas que queiram optar pelo Simples Nacional. As principais são: o CNAE precisa estar enquadrado no regime, o faturamento anual não pode passar R$ 4,8 milhões e o dono não pode possuir débitos com a Receita.

Qual é a diferença entre o Simples Nacional e outros regimes tributários?

O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado, que simplifica o recolhimento de tributos por MEIs, MEs e EPPs. Ele reúne todos os impostos em uma única guia, que é paga uma única vez no mês.

Quais são as vantagens do Simples Nacional?

O Simples Nacional possui uma série de vantagens: descomplica a gestão tributária, paga menos impostos, reduz custos trabalhistas e é favorecido em licitações!

Como um software adequado te ajuda a fazer a gestão tributária de seu negócio?

Apesar do Simples Nacional ser um regime tributário facilitado, é fácil cair em armadilhas e se perder na gestão do seu negócio.

Já pensou ter que lidar com erros em relação ao Fisco, como com o recolhimento errado dos impostos?

Um software de gestão financeira evita esses cenários, evitando o lançamento de dados e a realização de cálculos incorretos. Tudo é feito pelo sistema!

E claro, os cupons e notas fiscais ficam disponíveis na nuvem e são automaticamente enviadas à contabilidade, assim que são geradas.

Facilidade demais, certo? Por isso, na hora de melhorar a gestão tributária de uma vez por todas, você sabe qual escolha fazer!

Eleve Vendas

O Eleve Vendas é o melhor PDV do mercado.

Além de ajudar sua micro e pequena empresa a vender mais e atender seu cliente com mais eficiência, o PDV ajuda você a ficar em dia com as obrigações acessórias.

Entre suas funções fiscais, o Eleve Vendas permite a emissão de notas fiscais de maneira simplificada, respeitando as legislações do seu município ou estado!

Conheça todos os benefícios do Eleve Vendas, o PDV perfeito para negócios que busca equilibrar sua gestão!
Nova call to action

Conclusão

Neste conteúdo, te explicamos tudo sobre a alíquota Simples Nacional 2021, a importância de saber essa taxa e quais as diferenças de negócio para negócio.

Viu como é fácil realizar o cálculo?

No entanto, a gestão tributária do seu negócio não depende de um único cálculo. É preciso de controle e atenção para não perder a mão.

Por isso, utilizar um software como o Eleve Vendas é ideal, pois facilita o cumprimento das obrigações acessórias!

Agora, que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Dá uma olhada neste episódio da série Descomplicando sobre os impostos do Simples Nacional:

impostos simples nacional regime tributário simples nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *