controle financeiro empresarial

Controle financeiro empresarial: O que é, importância e dicas

Equipe TOTVS | FINANCEIRO | 24 maio, 2021

Muito se fala sobre fórmulas e métodos para uma empresa alavancar seus resultados. É claro, o fator operacional é essencial, mas o controle financeiro empresarial é o que prepara o terreno para a continuidade do negócio.

Quanta atenção você dá a essa prática na gestão da sua empresa?

E sim, falamos com todos os gestores — entre eles, os responsáveis por micro e pequenas empresas.

É comum que esses gestores acabem relegando o controle financeiro empresarial a um papel secundário. No entanto, esse pode ser um baita erro na sua gestão.

A eficiente e correta administração das suas finanças é determinante para que a empresa possa se planejar e se estruturar em busca de seus objetivos.

E suspeitamos que essa seja sua meta como gestor, certo? Portanto, conhecer o assunto é essencial!

Nesse conteúdo, vamos te apresentar o conceito de controle financeiro empresarial, sua importância e como implementá-lo em seu negócio.

Preparado para aprender mais? Continue a leitura!

Nova call to action

O que é controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial é definido pelo conjunto de ações de análise, avaliações e controle de dados financeiros de um negócio para entender suas condições financeiras.

Entre os processos admitidos, estão:

  • a análise do fluxo de caixa
  • obrigações, direitos e riscos
  • o controle de entradas e saídas
  • avaliação de relatórios financeiros
  • a checagem de dados patrimoniais
  • saldos bancários e reservas financeiras

Ou seja, todas as tarefas que esclareçam a situação financeira da empresa e permitam uma visão ampla sobre seu caixa.

Assim, é possível que o responsável possa planejar ações proativas para melhorar a saúde financeira, se alimentando destes dados e interpretações para dirigir os demais setores do negócio.

É possível dizer que o controle financeiro empresarial é a principal tarefa de uma boa gestão financeira.

A importância do controle financeiro empresarial para a gestão dos negócios

controle financeiro empresarialSabe quando você precisa tomar uma decisão sobre, por exemplo, um investimento, mas não tem certeza se é o melhor momento, se há dinheiro suficiente, se há justificativa para isso…? Bom, o controle financeiro empresarial ajuda nessas horas.

Trata-se da ação de avaliar a situação financeira da empresa, de modo que o gestor responsável possa se basear nesses dados obtidos de relatórios e movimentações para criar estratégias.

No exemplo da necessidade de investimento que pintamos acima, um bom controle financeiro ajudaria o gestor a responder a essas perguntas de prontidão.

Ou seja, é uma forma de transparecer o real cenário da empresa, suas condições e necessidades.

Assim, é possível desenhar estratégias mais assertivas, como para enfrentar crises, períodos de alta ou baixa demanda, sazonalidade, altas no dólar, entre outros.

Controle financeiro empresarial: 5 dicas de como fazer

Entenda uma coisa: o controle financeiro empresarial depende do seu poder de análise, mas ele só funciona com uma cultura corporativa calcada organização e no planejamento.

Se você busca organizar os processos da sua empresa e ainda sustenta as ações com base em um planejamento estratégico, implementar um bom controle financeiro não será tarefa difícil.

Agora, que tal entender como fazer esse controle na prática e de forma realmente eficaz? Te ensinamos, veja só!

Acompanhar diariamente o fluxo de caixa

O primeiro passo é compreender a situação atual do seu negócio. E como você faz isso? Criando um sistema de fluxo de caixa com acompanhamento diário!

Desse modo, sua empresa evita o acúmulo de dívidas e pode se planejar melhor em relação ao calendário de obrigações, o que também viabiliza os investimentos.

Nesse passo, seja metódico: faça do acompanhamento uma rotina, com dia e hora marcados.

Essa visão próxima das movimentações vai permitir maior transparência sobre as entradas e saídas.

Além disso, permite que você identifique falhas rapidamente — algo excelente para alguns tipos de negócio, como varejos com PDVs.

Definir orçamentos

Nenhum negócio de sucesso cresce e se desenvolve com gastos livres. É um nível de anarquismo gerencial que a nenhuma empresa vai sobreviver — acredite!

Por isso, definir orçamentos é uma ótima maneira de estabelecer limites para seus gastos.

É uma forma válida de fomentar suas previsões futuras e de atrelar suas metas de crescimento, aliando os investimentos com seu planejamento financeiro.

Cortar gastos desnecessários

Além de registrar gastos, pegue esse documento e, após um período de tempo (como 30 dias), sente-se para avaliá-lo.

De forma analítica, procure identificar os gastos de acordo com sua prioridade e real necessidade para o seu negócio.

Garantimos que essa ação pode gerar uma boa economia para sua empresa, favorecendo o fluxo de caixa.

Conhecer  os prazos de pagamentos

Um dos elementos principais de um planejamento financeiro é conhecer suas obrigações.

Ou seja, quando você deve pagar seus funcionários? E a parcela do empréstimo? E os seus fornecedores?

É importante ter tudo isso em mente — e documentado, não se esqueça! — para que você possa organizar suas finanças (ou mesmo realizar renegociações).

Assim, você garante que sua empresa não fique com nome sujo na praça.

Contar com uma boa equipe

Seu time deve estar preparado para cumprir com as tarefas de análise, avaliação e geração de relatórios que o controle financeiro empresarial exige.

Muito além das etapas de start da operação (como mostramos aqui), é preciso manter uma continuidade nesse trabalho.

Ou seja, analisar o nível de gastos em relação ao planejamento orçamentário proposto, bem como verificar se o plano de ações dos setores está sendo cumprido e seus impactos para a empresa.

Tudo isso deve ser levado em conta e apresentado ao gestor (ou realizado por ele mesmo, caso seja um micro ou pequeno negócio).

Como a tecnologia qualificada pode auxiliar no controle financeiro empresarial?

Já deu para perceber que o controle financeiro empresarial é duas coisas: essencial e complexo, certo?

São várias etapas relacionadas, tanto na hora de implementar o método de controle, como para sua continuidade.

Análise, geração de relatórios, ajustes, comunicação. Tudo isso de forma ágil, para que a empresa possa responder a todas as demandas com rapidez.

Nesse ponto, o uso de tecnologia qualificada pode servir como um braço direito para a empresa.

De fato, um sistema de gestão pode até mesmo cumprir boa parte dessas tarefas que mencionamos no decorrer do conteúdo!

É que a tecnologia na gestão financeira do negócio é capaz de automatizar uma série de processos, sabia?

Já pensou poder ter todo potencial de um bom controle financeiro empresarial em seu negócio, seja micro ou pequeno, sem ter que investir em tamanho esforço operacional?

É muita coisa, uma mudança de paradigma para sua organização e uma chance incrível de crescimento.

A tecnologia viabiliza uma série de vantagens para o seu negócio e o controle financeiro empresarial automatizado é uma delas!

Quais são as vantagens de investir em um software para controle financeiro?

E já que falamos tanto sobre vantagens, que tal entender como um software para controle financeiro pode impactar sua empresa?

Veja bem, já no dia 1 de uso, você vai experimentar melhorias como:

  • Otimização do tempo
  • Redução de gastos desnecessários
  • Minimização da taxa de inadimplência
  • Maior controle dos prazos de pagamento
  • Possibilidade de realizar projeções financeiras mais assertivas
  • Maior poder de acompanhamento dos recebimentos

Tudo isso para auxiliar na tomada de decisão do seu negócio e elevá-lo de patamar no menor tempo possível.

Um dos grandes benefícios de utilizar um software de controle financeiro é que ele permite que você entenda onde ganha e perde dinheiro.

É um tipo de visualização e análise que as planilhas e os programas limitados não oferecem.

Por isso, ao implementar um processo de controle financeiro empresarial em sua empresa, lembre-se de como a tecnologia pode ser decisiva para o sucesso da sua operação.

Agora, basta uma última ação: escolher o melhor software. Você já sabe qual o melhor do mercado? A gente te apresenta!

Eleve Gestão 

O Eleve Gestão é o melhor sistema para controle financeiro empresarial de micro e pequenas empresas.

controle financeiro empresarialDesenvolvido pela maior empresa de tecnologia do Brasil e com soluções para todos os nichos de mercado e indústria, a TOTVS, o Eleve Gestão é um braço tecnológico voltado para negócios em período de alavancagem.

Ele facilita todos os processos administrativos e financeiros, automatizando uma série de tarefas para facilitar a vida do gestor.

Assim, você pode focar diretamente na parte estratégica do seu negócio, enquanto o Eleve Gestão se encarrega do resto.

O software é 100% baseado na nuvem, o que significa que você pode acessar tanto do smartphone quanto do computador ou notebook, de onde estiver.

A interface é intuitiva e simples, facilitando a compreensão sobre as movimentações e o andamento operacional de cada setor do negócio.

São mais de oito módulos que compõem uma grande fatia do seu backoffice e até do front-office.

O melhor de tudo: o Eleve Gestão pode ser adquirido com uma assinatura mensal acessível a qualquer empreendedor!

E então, interessado em fazer o melhor controle financeiro empresarial? Então aproveite as vantagens do Eleve Gestão!

Nova call to action

Conclusão

Agora que você conheceu a importância do controle financeiro empresarial, que tal implementar em sua empresa?

E se já realizar o processo, esperamos que esse conteúdo tenha iluminado você com algumas ideias para aprimorar seu controle!

Lembre-se de que essa é uma ação primordial para manter a saúde financeira da empresa, planejar investimentos e crescer de forma saudável.

E claro, com o auxílio da tecnologia e um sistema como o Eleve Gestão, tudo pode ficar mais fácil.

Por isso, conte conosco para otimizar sua gestão financeira!

Aproveite e já confira também o artigo que preparamos para te mostrar como calcular ROI!

Gestão Financeira planejamento financeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *