como calcular roi

Como calcular ROI: Conheça o passo a passo completo

Equipe TOTVS | FINANCEIRO | 26 julho, 2021

Afinal, como calcular ROI? O Retorno Sobre o Investimento é um dos indicadores mais importantes de um negócio, que ajuda os gestores a avaliarem a eficiência de um ou mais investimentos realizados.

A análise do ROI faz parte de um bom controle financeiro empresarial e não é uma ação exclusiva de médias e grandes empresas.

Micro e pequenos negócios devem — na verdade, precisam! — fazer a análise do ROI para todos os investimentos realizados.

De acordo com um levantamento do Sebrae, empresas brasileiras que foram fechadas responderam que a principal dificuldade em seu primeiro ano foi a falta de capital (16%).

E para 18% delas, realizar um melhor planejamento do negócio teria sido útil para evitar seu fechamento.

E a análise do ROI está intimamente ligada a esse processo.

Por isso, entender como calcular ROI é essencial. Neste artigo, queremos destrinchar esse cálculo e facilitar sua compreensão, para que você possa enriquecer sua gestão. Vamos lá?
Nova call to action

Afinal, o que é ROI (Retorno Sobre o Investimento)?

O ROI é um indicador de performance utilizado para medir a lucratividade ou eficiência de um investimento (ou comparar vários investimentos diferentes) em relação ao seu custo.

O ROI é uma porcentagem usada por empresas (e também investidores) para comparar a eficiência de diferentes investimentos.

Quanto maior o lucro líquido e menor o custo de investimento, maior o ROI.

As empresas também utilizam o ROI projetado para estimar os retornos potenciais de um possível investimento.

Assim, é possível ver se o custo de capital valerá a pena ser despendido.

Qual é a importância do ROI para um negócio?

como calcular roiAprender como calcular ROI é importante pois esse é um fator essencial para quantificar os resultados de um investimento, possibilitando um melhor entendimento em números.

Assim, os gestores têm a chance de ver os valores monetários relacionados ao seu investimento (seja em um projeto específico ou ao negócio como um todo).

O ROI pode servir de suporte das partes interessadas, ajudando a entender se vale ou não vale investir tal quantia em um equipamento, recurso ou projeto.

Outra vantagem sobre aprender como calcular ROI é que esse indicador revela alguns benefícios adicionais.

E tem tudo a ver com o processo de como calcular o ROI.

Assim, é possível destrinchar benefícios e riscos que podem não parecer óbvios no início da avaliação do investimento.

Por outro lado, o ROI leva à uma melhor priorização de investimentos.

Afinal, é comum que empresas priorizem a execução de projetos com maior retorno financeiro.

Por isso, esse indicador pode ser fundamental para que você entenda a cadeia de valor da sua empresa — ou seja, quais produtos ou serviços mais agregam à receita do negócio.

Por que dar atenção ao cálculo do ROI?

Entender como calcular ROI ajuda a empresa a decidir se aceita ou não uma oportunidade de investimento. Além disso, o cálculo indica o desempenho de um investimento até o dado momento.

É uma lógica extremamente simples de entender, mas que muitos micro e pequenos empreendedores deixam de prestar atenção.

Quando um investimento apresenta um ROI positivo ou negativo, esse resultado é uma dica importante para a empresa.

E ao entender como calcular ROI, uma empresa ou um investidor pode separar investimentos de baixo desempenho daqueles com alto desempenho.

Com essa abordagem, os gestores de negócios podem melhorar sua tomada de decisão, entendendo quanto seus investimentos podem render em retorno.

Compreender como calcular ROI é o que dá maior visão dos objetivos e benefícios de um projeto ou investimento.

Sem o ROI, seria muito difícil para a equipe de gerenciamento aprovar o orçamento necessário para um projeto específico.

Por outro lado, a avaliação do ROI, independentemente do tipo de projeto, permite que o gestor ou as partes interessadas entendam, visualizem e gerenciem melhor as questões financeiras relacionadas.

Como calcular o ROI? Passo a passo completo

Agora, que tal entender como calcular ROI na prática? A fórmula é bem simples e direta e você pode conferi-la a seguir:

ROI = (Ganho do Investimento – Custo Inicial do Investimento) / Custo Inicial do Investimento x 100

Primeiro de tudo, você precisará do ganho ou lucro obtido com o investimento para o qual está tentando determinar seu ROI.

Para obter essa métrica, você pode subtrair o custo inicial do investimento da receita total adquirida.

Na parte inferior, você colocará apenas o custo inicial total.

Faça a divisão dos valores para obter o ROI.

Depois, multiplique o resultado por 100 para obter uma porcentagem.

Sobre o resultado, é simples:

  • Quanto maior o ROI, maior será o retorno sobre o investimento e melhor será o indicador de que seu investimento é sólido.
  • Quanto menor o ROI, menos lucrativo é o investimento, o que permite que você questione os gastos realizados e refaça o planejamento;

No entanto, pode ser que, dependendo do investimento, outras variáveis sejam consideradas.

Esses cálculos, dos mais simples aos mais complexos, podem ser feitos automaticamente com um software de gestão, que possui funcionalidade específica.

Porém, aqui, queremos te explicar o jeito mais simples e direto para entender como calcular ROI — a fórmula básica.

Investimento

O investimento no ROI é o valor financeiro que sua empresa utilizou para adquirir o item, produto, equipamento ou realizar o novo projeto.

Ao aprender como calcular ROI, é preciso considerar o investimento inicial realizado — ou seja, o valor de custo.

Receita

A receita representa a entrada de capital em uma organização — que pode ser pela venda de um produto, a prestação de um serviço, aplicações financeiras ou o uso de uma nova máquina na linha de produção.

A receita não é uma métrica inclusa no cálculo, mas sim usada para definir o lucro obtido com um investimento.

Lucro

O lucro é o valor obtido após a venda de um produto ou a prestação de um serviço (entre outras operações), subtraindo-se seus custos e despesas. O lucro é o rendimento de uma operação financeira.

Ao entender o que é lucro, é importante compreender os dois conceitos atrelados a esse indicador:

  • Lucro bruto: é o resultado financeiro de uma venda ou operação financeira, subtraindo-se também os custos operacionais relacionados (o preço pago no produto, os impostos da Nota Fiscal). Não é considerado o lucro final.
  • Lucro líquido: é o valor que se obtém após uma operação financeira, subtraindo também todos os custos, gastos e taxas relacionados. É o valor que sobra, sem a incidência futura de impostos e demais despesas.

Como analisar o resultado do ROI do seu negócio?

Após aprender como calcular ROI, é preciso compreender como analisar o retorno sobre o investimento.

O ROI é uma métrica popular devido à sua versatilidade e simplicidade — você viu no cálculo acima.

Essencialmente, o ROI pode ser usado como um indicador “rudimentar” da lucratividade de um investimento.

Porém, ele se aplica em vários cenários:

Pode ser o ROI de um investimento em ações, o ROI que uma empresa espera ao expandir uma fábrica ou o ROI gerado em uma transação específica.

O cálculo em si não é muito complicado e é relativamente fácil de interpretar.

Se o ROI de um investimento for positivo, provavelmente ele vale a pena e trará/trouxe bons resultados.

Mas se outras oportunidades com ROIs mais altos estiverem disponíveis, esses sinais podem ajudar os investidores a eliminar ou selecionar as melhores opções.

Da mesma forma, os gestores devem evitar ROIs negativos, que implicam em perda líquida para o negócio.

Aliás, vale um parêntesis aqui: a análise do ROI pode ser feita tanto antes quanto depois de um investimento.

O cálculo que mostramos anteriormente é próprio para a análise posterior ao investimento feito.

No entanto, você pode utilizar uma métrica de lucro projetado para ver se vale ou não a pena investir em um novo equipamento, projeto ou melhoria interna.

Qual é o ROI ideal?

Se falarmos que existe um ROI ideal para o seu negócio, estaríamos enganados. Na teoria, qualquer ROI positivo é bom — mas é claro que quanto maior, melhor para o seu negócio.

Por exemplo, para investimentos em ações, um ROI anual de 7% é considerado bom.

Na mesma linha, empresas do ranking S&P 500 (que reúne as quinhentas maiores organizações do mundo), também apresentam essa média de ROI.

Determinar o ROI ideal para sua empresa requer uma análise cuidadosa, em vez de simplesmente se basear em uma referência.

O cálculo do ROI tem algumas limitações que você deve levar em conta.

Por exemplo, startups em fase de crescimento podem apresentar taxas altíssimas de ROI, como 40%, em um ano. Enquanto isso, empresas maiores podem apresentar um ROI menor, como 7%.

Isso não quer dizer que uma empresa está melhor que a outra — pense que a empresa maior tem despesas e custos (especialmente de impostos) muito maiores que a startup.

Além disso, é preciso levar em conta a questão do tempo.

Nova call to action

Como melhorar o ROI de sua empresa?

E agora que você sabe como calcular ROI, que tal aprender como melhorar esse indicador do seu negócio e aumentar sua lucratividade?

Temos algumas dicas para ajudá-lo nesse caminho, veja só:

Redefina suas metas

A primeira etapa para melhorar o ROI é definir o potencial de retorno que você pode obter com seu investimento. Ou seja, você precisa redefinir suas metas.

Isso pode incluir coisas como:

Reduza seus custos indiretos

Um bom ROI está ancorado em uma ação: o investimento. Você terá que gastar dinheiro.

Agora, como melhorar o seu retorno sobre esse gasto?

Primeiro, você precisa estancar alguns dos custos atuais do seu negócio, especialmente os indiretos.

No entanto, existem coisas que você pode fazer para economizar dinheiro que não exigem muito esforço de sua parte.

Por exemplo, reduzir seus custos indiretos é um deles.

Só lembrando: as despesas indiretas são custos que não têm nada a ver com produção, fabricação ou outras operações comerciais relacionadas.

Em outras palavras, são custos que não geram nenhum lucro.

Esses custos são suas despesas diárias, como impostos, manutenção, serviços públicos, contas de telefone, taxas de contabilidade, e assim por diante.

Aumentar as receitas

Uma forma de aumentar o ROI é gerar mais vendas e receitas ou aumentar os preços.

Se você pode aumentar as vendas e receitas sem aumentar seus custos, ou apenas aumentar seus custos o suficiente para ainda obter um ganho líquido nos lucros, você melhorou seu ROI!

Se você pode aumentar seus preços sem diminuir suas vendas o suficiente para prejudicar a margem de lucro, você também melhorou seu ROI!

Como calcular o ROI: Dúvidas frequentes

Antes de encerrarmos esse conteúdo, que tal respondermos algumas das principais dúvidas acerca do tema? Confira as questões mais frequentes sobre como calcular ROI!

Como o ROI auxilia no processo de tomada de decisão de uma empresa?

Saber o ROI da empresa ou de um investimento específico ajuda você a compreender se vale a pena investir ou continuar investindo em determinado ativo. 

Com o ROI em mãos, você pode saber se um equipamento, projeto ou operação é realmente lucrativo para sua empresa.

Como o ROI pode ser utilizado? 

O ROI pode ser utilizado para basear suas decisões de negócio. É um indicador que quantifica um investimento em números, facilitando o entendimento sobre o real valor que pode agregar à empresa.

Quais cuidados devem ser levados em consideração na hora de calcular o ROI?

Você deve ter cuidado com o ROI pois apesar de ser um indicador importante, ele é básico. Com isso, pode-se dizer que ao calcular o ROI, você não vai incluir o risco de um investimento e nem o fator tempo

Eleve Gestão

O desenvolvimento do seu negócio depende da boa gestão — inclusive sua lucratividade.

Uma das principais estratégias para melhorar seu ROI é investimento em soluções que, justamente, capacitem a administração do seu negócio.

Em especial, falamos do controle financeiro: o acompanhamento das entradas e saídas do seu negócio.

Não existe melhor forma de aumentar seu ROI sem uma gestão capacitada dos indicadores financeiros da empresa.

E é isso que o Eleve Gestão oferece: um sistema completo para gerenciamento do seu micro ou pequeno negócio.

Controle todo seu fluxo de caixa, compras e estoque, bem como suas ordens de serviço e notas fiscais com o Eleve Gestão!

Coloque seu negócio em um novo patamar e aumente o ROI com Eleve Gestão!
Nova call to action

Conclusão 

Nesse conteúdo, te ensinamos como calcular ROI, as métricas envolvidas e a importância desse indicador para a gestão financeira e para a sua tomada de decisões.

O ROI é uma métrica útil e popular graças à sua versatilidade e simplicidade.

Se você deseja obter um alto ROI, lembre-se que um controle financeiro assertivo é mais do que necessário. Para isso, conte com o Eleve Gestão!

E agora, que tal aprender ainda mais sobre crédito para pequenas empresas? Confira!

Gestão Financeira planejamento financeiro roi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *