papel do contador

Papel do contador: Entenda qual é e como este profissional pode te ajudar

Equipe TOTVS | CONTABILIDADE | 20 julho, 2021

A presença do contador no dia a dia das empresas não é algo recente. Esse profissional já é a base para uma gestão contábil mais equilibrada nos negócios há bastante tempo. Contudo, é inegável o quanto o papel do contador evoluiu com o passar dos anos.

As grandes mudanças no cenário econômico e a sofisticação do regime tributário, somadas ao surgimento e fortalecimento de conceitos como compliance e accountability, elevaram bastante a posição do profissional contábil, tornando-o indispensável para o bom funcionamento interno dos negócios.

No entanto, o verdadeiro papel do contador ainda é pouco conhecido pelas empresas, o que impede uma atuação mais regular, transparente e eficiente.

É com base nessa realidade que, para reverter esse cenário e ajudar você a entender a importância do contador, preparamos este post com um conteúdo que tem muito a contribuir com o seu negócio. Acompanhe!

Nova call to action

O contador como figura estratégica da empresa

O contador passou a ocupar uma posição muito mais estratégica e menos operacional dentro das empresas. As razões para isso são as mudanças na legislação, o aumento no rigor das obrigações contábeis e a sofisticação dos meios utilizados na execução dos processos.

A velha concepção de que o contador é apenas o profissional responsável por executar rotinas burocráticas e lidar com números e planilhas já não mais condiz com a realidade atual.

Mais do que isso, o profissional da área contábil cada vez mais vem assumindo uma posição central dentro dos negócios. Isso acontece diante da crescente necessidade de se cuidar de pontos como:

  • acompanhar e prever a entrada e saída de recursos
  • organizar e otimizar a gestão fiscal, tributária e orçamentária da empresa, viabilizando o seu funcionamento e o cumprimento correto de prazos e exigências
  • comunicação ativa com os órgãos encarregados de fiscalização das atividades das empresas em todas as esferas de governo

Devido à alta competitividade que marca o cenário empresarial, a gestão se tornou elemento estruturante dos negócios. Torna possível manter as finanças e o cumprimento das obrigações sempre em ordem.

Nesse contexto, o contador é a peça-chave para o sucesso do negócio. É ele quem desenvolve e executa o planejamento tributário — ação que sistematiza e gerencia de forma mais profunda o enquadramento tributário e o correto recolhimento de tributos —, além de gerenciar os ativos e passivos da empresa.

As principais funções desse profissional

Com o passar dos anos, as funções do contador também sofreram algumas modificações. E, como dito, a sua atuação assumiu uma posição mais estratégica e técnica, ao tornar-se responsável por atividades importantes como as apresentadas a seguir.

Registrar dados e informações

Hoje, como se sabe, as empresas são conduzidas a partir de dados e informações concretas.

Ou seja, o velho “tino empresarial” há tempos deixou de ser critério exclusivo para a tomada de decisão.

Nesse sentido, a contabilidade moderna fornece subsídios reais para a tomada de decisão. Isso acontece por meio do registro de operações, balanços e toda sorte de dados e informações que podem servir à empresa em momento presente ou futuro.

Organizar as rotinas financeiras do negócio

A complexidade das rotinas administrativas somada à importância que exercem nos resultados da empresa exigem uma organização rigorosa por parte dos responsáveis, a fim de que erros não ocorram.

Nesse ponto, o contador é quem se encarrega de sistematizar as informações. Desta forma, organiza documentos, cumpre prazos, escritura cada movimentação para, ao final, oferecer um suporte contábil mais qualificado aos tomadores de decisão.

Essa organização é o que garante transparência às atividades.

Ela permite aos líderes e gestores conhecer a real situação da empresa, ao avaliar pontos estratégicos como caixa, ativos, passivos e projeções.

Mais do que isso, uma boa organização também fortalece o estabelecimento e cumprimento de metas. Além disso, é capaz de viabilizar a comparação dos resultados da empresa em diferentes períodos.

Os principais setores que ele pode ajudar

Diferentemente do que ocorria no passado, hoje o contador exerce um papel mais amplo dentro das empresas. Portanto, suas habilidades e conhecimentos são úteis em diferentes setores das companhias, a exemplo dos que citamos a seguir.

Controle financeiro

Esse é, sem dúvida, um dos setores que mais se beneficia com a presença de um contador. Isso porque o seu conhecimento técnico e gerencial ajuda a manter a saúde financeira do negócio sempre em conformidade.

Além dos pontos já citados, como reforço na organização e documentação das informações, é fundamental mencionar a importância do contador na hora de elaborar demonstrativos de resultados, avaliar o fluxo de caixa e, de modo geral, o desempenho financeiro de toda a empresa.

Essa ação é a base para a uma atuação fortalecida, cujas finanças viabilizam novos investimentos, otimizações e, consequentemente, a continuidade do negócio.

Planejamento tributário

Vale mencionar, também, a relevância do contador no contexto do planejamento tributário.

Atualmente, essa é uma das grandes demandas das empresas. Isso porque erros nesse quesito podem implicar uma série de riscos fiscais e custos adicionais às atividades.

O planejamento tributário é o expediente que busca compatibilizar o porte da empresa com a quantidade de tributos pagos. Para tanto, aproveita-se ao máximo dos benefícios e incentivos fiscais dados para determinados tipos de negócio.

Neste caso, o correto enquadramento jurídico e a perfeita interpretação da legislação tributária são as bases para que esse planejamento seja produtivo. Assim, a empresa consegue se manter em conformidade com o Fisco. O que só é possível com o apoio de um profissional especializado como o contador.

Recursos Humanos

No contexto do RH, embora às vezes seja pouco lembrado, o contador também desempenha um papel crucial.

Como conhecedor da legislação e das rotinas fiscais, esse profissional auxilia a empresa a gerir os seus recursos humanos no que diz respeito ao recolhimento de tributos e à garantia dos direitos dos trabalhadores.

Em outras palavras, o contador reforça o cumprimento das obrigações da empresa perante os funcionários. Assim, ajuda a manter a folha de pagamento regular, com os descontos e repasses corretos, sem passar por cima de nenhum direito ou dever do colaborador.

A contabilidade e a tecnologia na tomada de decisão estratégica

Por fim, não se pode deixar de mencionar acerca da relação da tecnologia com a rotina do contador.

Como já introduzimos, devido à modernização e digitalização dos processos de escrituração, o controle das informações tornou-se algo muito mais simples e ágil, facilitando bastante a vida dos contadores.

Hoje, com o apoio de ferramentas e sistemas próprios para a gestão, contadores têm todo o suporte informativo de que precisam para realizar análises com muito mais precisão e rigor. Dessa forma, são capazes de colocar a empresa em uma posição confortável quanto ao cumprimento das suas obrigações e, também, quanto à tomada de decisão.

Por exemplo, conceitos como big data, business intelligence e automação formulam um cenário muito mais estratégico para a contabilidade — inclusive reforçando a utilidade de conceitos da área, como é o caso da contabilidade gerencial — usando os dados a favor dos negócios.

Por fim, como se viu, o papel do contador evolui bastante com o passar dos anos.

Diante do exposto, fica claro que, nos moldes atuais do mercado, esse profissional tem um valor ímpar, auxiliando não somente na parte burocrática — obrigatória a qualquer empresa. Mas, principalmente, na condução estratégica das empresas.

Nova call to action

Agora, fica o questionamento: será que vale a pena contratar o serviço mais barato e colocar em xeque uma atividade tão importante como a contábil? Pense bem.

Gostou deste post? Quer manter-se informado com as nossas atualizações? Então, continue acompanhando o nosso blog!

compliance gestão contábil planejamento tributário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *